Custo x Benefício

postado em  •  27 comentários

Já parou para pensar se a maquiagem que você compra vale tanto quanto ela custa?

Sempre fui uma frequentadora assí­dua de perfumarias e melhor amiga das make-ups baratinhas, de sair com a cestinha abarrotada de í­tens que eu tinha a certeza que jamais usaria. O motivo? O preço super atrativo, fazia com que meu lado consumista falasse mais alto, mesmo sabendo que eles só ocupariam mais um espacinho na minha gavetinha de makes.

Desde quando comecei a trabalhar no site, comecei a colocar esse meu consumismo em xeque: será que valia a pena investir em í­tens de qualidade “razoável” e preço amigo que dificilmente seriam usadas ao invês de comprar apenas o essencial, porém de uma marca de melhor qualidade e preços “salgados” que seriam usados com mais frequência?

Comecei a pensar assim depois que comprei o lápis Contour Clubbing Waterproof da Bourjois, que custava pelo menos 3x mais caro do que eu usava anteriormente (Contour Khí´l da L’oreal), mas que não borrava, não exigia retoques durante o dia (sério, dura que é uma beleza!) e consequentemente, evitava que eu apontasse toda hora. Resultado? Enquanto o Countor Khí´l durava cerca de 3 meses, o Countor Clubbing está resistindo a mais de 5 meses -tá no toco, e já providenciei outro. O mesmo vale para o delineador em gel Fluidline da M.A.C, que é custa R$ 71 mas que rende e fixa infinitamente mais do que o da Avon que custa R$ 12.

Outro exemplo clássico deste tipo de situação são os perfumes. Muitos julgam os perfumes importados como caros, mas já pararam para pensar na diferença deles para marcas nacionais como O Boticário? A diferença está na concentração da fragrí¢ncia, o que mudará significamente o tempo de fixação do perfume na pele. Enquanto um perfume importado Eau de Toillet ou Eau de Perfum tem fixação entre 6 a 12 horas, uma Deo-Colonia muitas vezes não chega a 2. Resultado? Você acaba aplicando perfume mais vezes ao dia e consequentemente, acaba mais rápido.

Por outro lado, temos marcas ótimas que é possí­vel comprar com apenas algumas moedinhas (ou até 1 nota de R$20). Sou apaixonada pela Maybelline, principalmente pela base mousse (R$ 36, mas que dispensa o uso de pó) e pelas máscaras de cí­lios da marca (por volta de R$ 20), 2 itens que eu não abro mão de maneira nenhuma. Adoro também a Vult, principalmente o batom matte (R$ 5 e dá de mil naquele da Contém 1g) e as sombras em pó (R$ 6 e AMO!). A Tracta tem uma linha de batons ótemos (adoro a linha Nude deles, é luxo!) e blushes com pigmentação maravilhosa (<3 Felice, vulgo Orgasm nacional!). Essas três marcas são provas de que é possí­vel também encontrar coisas de boa qualidade a um precinho í´h.

Para ajudar vocês a abrirem a cabeça carteira na hora de comprar/repor um item, preparei algumas dicas:

-Compare valores entre o mais barato e o mais caro

Aqui vale a máxima do “o barato sai caro”. Muitas vezes, aquele lápis de olho mais caro que você viu pode durar até 5x mais do que daquela marca baratinha.

-Quanto tempo vai durar?

Analise aspectos como fixação, quantidade e rendimento do produto. Não se deixe levar pelo tamanho da embalagem: muitas vezes, um potinho pequeno tem uma concentração mais forte e consequentemente, um redimento maior.

-Busque depoimentos

Comprar as cegas também não é a melhor opção. Para saber se o investimento valerá a pena, procure informaçíµes e depoimentos de pessoas que já usaram o produto. Use Google, Orkut e os blogs de beauté a seu favor!

-Ouça as amigas

Amiga que é amiga quando descobre algum produto genial, compartilha com as outras. Da próxima vez que sua BFF comentar sobre algum produto que ela comprou e adorou, preste atenção que pode ser sua próxima aquisição.

-Faça o test-drive

Se você estiver em dúvida e tiver a opção de testar, melhor ainda! Vá até uma perfumaria, aplique no braço, saia para dar uma volta e acompanhe a “evolução” do produto. Um teste que eu costumo fazer principalmente com lápis e delineador é aplicar, esperar alguns minutos e tentar “apagar” com o dedo: é infalí­vel para você verificar a fixação!

-Encomende

TODO MUNDO sabe que muitas vezes, o valor alto de certos cosméticos é justificado pela quantidade absurda de juros praticados no paí­s. Por isso, fique de olho quando algum conhecido seu for viajar para o exterior, porque querendo ou não, compensa. Também vale ficar de olho em sites gringos como o Morangão (no 2 Beauty tem uma lista com outras lojas bacanas!) e cupons de descontos de lojas virtuais nacionais como Sacks ajudam -e muito!

Original ou Genérico?

Um erro muito comum: sair comprando 1929340404 itens “genéricos” ao invês do original. Eu mesma perdi a conta de quantos batons pink comprei procurando um semelhante ao Pink Noveau. Calculando o valor de todos, daria para ter comprado ao menos 1 original M.A.C pelo preço praticado no Brasil e ainda sobrado troco para algumas balinhas.

-Quem poupa, tem

Essa dica vai principalmente para quem vive de mesada: poupe seu ryco dinheirinho e peça para sua mãe parcelar a compra no cartão, assim, você paga a parcela para ela todo mês. Algumas lojas da rede Renner já vendem produtos da Bourjois, Lí¢ncome, dentre outras marcas importadas e parcelam em até 5x no cartão deles.

E aí­, vamos repensar? ;]

27 comentários em “Custo x Benefício”

  1. Belle às 21:16

    Aiiii, que bom que me respondeu… tava ansiosaaa hehehe…. fazzzz o review simmm… agora o maior problema… onde encontrar a milagrosa??? hehe
    Bjus

  2. isa cacalano às 13:05

    noooossa, amei demaaais o post ! beijaao

  3. Belle às 23:53

    Ótimo post, Vick, e esclarecedor tb!! Mtas vezes bate akela duvida: UM produtinho mais caro ou VARIOS baratinhos??? As vezes é melhor ficar com um que vale a pena, do que com varios, que não vao ser usados por nao serem bons…
    Um duvida???? Tenho a pele suuuper oleosa e sofro pra encontrar base e pó…. essa base mousse da Maybelline, é favoravel??? pelo que li dela, parece ótima, mas nao sei se pra mim funciona…
    Bjsss

    1. Vicky Siqueira às 09:57

      @Belle pode usar sem medo. Minha pele é suuuuuuper oleosa e por ela ter efeito matte, ela segura muito bem, dispensando até o uso de pó! Vou fazer uma review dela, muita gnt tá perguntando sobre ela.

  4. Juliana às 21:37

    comecei a concordar com isso depois que parei de comprar perfumes nacionais e fui comprar perfumes importados a diferença é realmente assustadora.

  5. May Nascimento às 10:43

    Nossa, esse post muito me ajudou.. tenho uma maleta cheia de maquiagens e não uso, e faz tempo que preciso de uma base boa mesmo, uso uma da avon mas ela tipo “derrete” entende? Aqui em Fortaleza o calor é de matar, a maquiagem não dura nada! Por isso, preciso deixar de comprar tanta coisa barata que não funciona e comprar as que valem a pena né?!

    Obrigada pelas dicas!

    1. Vicky Siqueira às 11:06

      @May que bom que te ajudou! Tenta investir em produtinhos principalmente a prova d’agua. Esse lápis da Bourjois que eu tô usando é maravilhoso e não sai por NADA desse mundo! Sobre a base, tenta a da Maybelline, que é bem leve e ao msm tempo, aguenta bem!

  6. Isabelle Ferreira às 17:36

    Eu estava pensando justamnente nisso esses dias. Investir em coisas boas, que façam valer o quanto pagamos. E não só em make up, mas com roupas e calçados também.

  7. Ariane M às 23:27

    Uhuu Vic!
    Concordo plenamente!!! Aos poucos minha coleção de Avon e Contem 1G mudaram p MAC, Lancome e Clinique…e nao me arrependo!!! alem de durarem mais na pele, o produto dura muuuuito mais…as sombras da MAC, entao, sao quase eternas!!!! e usooo mto! Só o hypnose q comprei q ficou ressecado logo, mas como eh waterproof, ele eh mais consistente mesmo….entretanto, to adorandooo a VULT, deles eu sempre compro as sombras coloridas (q nao sao tao pro dia a dia), a mascara transparente p sombrancelhas e o batom mate #1, q achei muuuuito parecido com o Pink noveau..
    Saudades dos seus posts!!!
    bjusss

  8. Lou Oliveira às 22:27

    Adorei o post!!

  9. Suzana às 19:16

    “quem vive de mesada”, eu!

    As dicas são realmente ótimas, e a máxima “o barato sai caro” é a mais pura verdade em muitos casos.
    Eu, como só vivo da minha ryca mesadinha e minha mãe ODEIA parcelamentos, só compro o básico do básico (lápis de olho, máscara e batom) da Natura, que, até agora de todas q eu esperimentei, foi o que não me deu alergia ou deixou meu lábio ressecado demais (porque, também tem essa de comprar produtos “baratinhos” sem saber nenhuma indicação ou procedência, e eles acaberem dando alguma alergia).

    Quanto a perfumes, os da Natura também acho ótimos, principalmente os mais suaves (como o meu atual, Breu Branco, já que perfume forte/meio forte no verão do Rio de Janeiro não dá), e que duram bastante em mim.

    Ótimo post =]

    Beijos ;**

  10. Rooh às 18:24

    Adorei o post, realmente tem vez que agente só entra em roubada eu aprendi e não compro mais nada baratinho sem procurar sobre o produto. esse mundo de blogs de beauté é vida ahahaha

    beeijos Vicky :)

  11. @thinkerbell_ às 18:12

    Adorei seu post! vc escreve MTO bem..
    jah te add aos favoritos! ahaha
    parabéns!

    amei as dicas..

  12. Taís às 15:15

    Adorei as dicas, vou fazer isso de passar o perfumeou delineador na mão para testar.
    Adorei!

  13. mari às 15:15

    nossa amei muito esse post Vicky!
    agora voce me deixou louca pra comprar esse lapis da Bourjois e a base mousse da Maybeline.
    beijos

  14. Dafne às 14:58

    Sou a favor de pagar um pouco a mais por maquiagens de ótima qualidade! E isso só vemos depois de experimentamos o ruim e o bom.

    Beijos

  15. Tay às 14:09

    Nhaa! post Lindo Gemulaaa!! realmente a Maybelline faz ótimos produtos CUSTO+ BENEFICIO…porém tem coisas que só marcas muito boas tem…ai é de se pensar no que gastar né?

  16. Mari às 13:03

    Tenho feito isso ultimamente, mas ao invés de esperar alguém viajar recomendo comprar no morangão ou cherry culture, os preços são amyghos e chegam rapidinho. :)

  17. Lary às 12:58

    Concordo que o barato sai caro… é legal ficar de olho, sempre tem uma amiga de uma amiga que vai viajar para o estrangeiro (rsrs) e pode te trazer coisas bacanas com o precinho menos dolorido no bolso rs* – Dica: o lápis delineador da Lâncome é PERFECT

  18. Lusinha às 12:55

    Eu já tinha esse pensamento, tem que saber avaliar, mas gostei muito do post Vi.
    Bjitos!

  19. Paula às 11:58

    Muito bom o post! :)
    Isso é bem verdade … eu tenho tanta make vagabunda em casa, que se juntar, dá o preço de algo bom que com certeza eu iria usar.
    De perfume então, é mais verdade ainda! Você passa o perfume e no fim do dia não tem nem mais vestigios dele u__u’

    1. Vicky Siqueira às 12:08

      @paula eu tenho 2829393340 sombras, 12833949404 batons e só uso a mesma coisa sempre: sombra pérola, sombra preta, delineador preto, lápis preto, rímel e batom nude/rosa. O resto só faz volume (e me deixou mais pobre HAHAHA)

  20. Letícia às 11:05

    Adoreiii as dicas !! Muito bom, vou por em prática ^^

  21. Mari às 10:38

    Adorei as dicas! Parabéns pelo blog!

  22. Weruska às 10:02

    Oi!!!

    Tudo o que vc falou faz o maior sentido, mas só gostaria de acrescentar que alguns perfumes da O Boticário tem fixação ótima (pelo menos em mim). O Egeo Kiss e o Egeo Dolce que são colônias duram meu dia todo de trabalho. O Lily Essence – que já é um perfuminho – tb dura umas oito horas ou mais. Consegui chegar neles graças a uma vendedora bacaninha e sincera quando pedi “um perfume adocicado e que durasse bastante”. Mas se vc curte aqueles mais suaves, daí não dura muito mesmo.

    1. Vicky Siqueira às 10:07

      @Weruska o Lily é eau de perfum se eu não me engano e o Egeo é excessão (uso o creme dele q lembra o Fantasy, o perfume que eu uso) por ser bem doce -e perfumes doces tendem a fixar mais. Ambos casos são excessões, a grande maioria não passa de poucas horas de fixação. Acho uma pena pq adoro eles =[

  23. @jumarotti às 10:00

    Ótimo post Vi! Adorei…
    Realmente, muitas vezes vale a pena investir em um produto que é mais caro, mas que a durabilidade e qualidade são maiores.

    MAC Fluidline é vida!

    Beijos

Deixe seu comentário!