Praticando o desapego

postado em  •  22 comentários

Para quem não sabe sou sagitariana -e ao quadrado, já que meu ascendente também é sagitário. Sou fogo, e tão intensa quanto o elemento. Muito além disso: sou extremista, 8 ou 80 -não sei viver de metades, de meias verdades. Demorei muito para entender que ser uma “sagitariana aventureira” não era apenas ser ligada a trilhas, mato e outros tantos adjetivos. Sou movida por desafios, novidades, aventuras que nem sempre são ligadas ao eco way of live. Adoro ter uma vida regrada, mas odeio cair na rotina… não suporto mesmice. E é esse sentimento energético que move minha vida em todos os aspectos, seja ele sentimental, profissional ou pessoal. Ao mesmo tempo, tenho a necessidade de extravazar e personificar minhas fases através de cortes e cores de cabelo, o que eu escuto ou o que eu visto num processo quase camaleí´nico. Cheguei a esta conclusão no último feriado prolongado, quando tomei coragem de fazer uma coisa que há tempos vinha adiando: tirar todas minhas roupas/sapatos/bolsas do meu guarda-roupa e dar um fim nas outras tantas tranqueiras que venho acumulando nesses 24 anos de vida.

Tomei esta decisão motivada pelo post da Lú, aonde ela fala um pouco sobre as fases, os cortes de cabelo e as roupas que marcaram cada momento da vida dela. O tal post traduz exatamente o que eu sinto hoje. A gente cresce, amadurece e muda -e nosso estilo também. Desde quando comecei a trabalhar no site da Cris, passei a conviver diariamente com moda e num processo natural, amadureci meu estilo e logo quis sinalizar esta mudança trocando o cabelo loiro com luzes por um castanho médio. A segunda mudança foi na maquiagem, aonde larguei o pão-durismo e comecei a analisar o custo x benefí­cio como já compartilhei com vocês.

Já o modo de se vestir ficou muito claro quando as tais roupas e complementos que eu havia tirado do armário se transformaram (não tão) magicalmente em 9 sacos para doação. Claro que não foi um processo fácil, sempre rola aquele apego com uma peça ou outra, mas o segredo é não pensar: se bateu a dúvida, é sinal de que ela talvez não seja tão essencial no seu guarda-roupa assim. Foi meu momento Esquadrão da Moda sem a companhia da Stacy London e do Clinton Kelly, com direito a passeio no shopping para renovar peças básicas e buscar roupas-chaves para combinar com as que eu já tinha. Claro que eu não tinha a grana que eles liberam no programa e a renovação total do guarda-roupa será feita em suaves prestaçíµes, mas foi o suficiente para abastecer esta nova “identidade”.

E confesso a vocês: foi libertador, renovador, motivador e de quebra, pratica o bem. Espero que este post inspire e incentive muitas de vocês a fazerem o mesmo!

22 comentários em “Praticando o desapego”

  1. @AnaBBS_ às 13:01

    Andei fazendo isso! Tenho 27 anos e percebo q meu estilo mudou um pouco. Acabo guardando roupas pensando q no futuro eu possa vir a usar…Que nada! Ficam todas lá no msm cabide, no msm lado da gaveta por séculos! Separei tudo e coloquei dentro de uma bolsa, mas tem q ser sem pensar, pq se se pensar mt vc acaba achando utilidade e volta td pro lugar. Dei pra quem precisa e q vai usar. A sensação é ótima, parece que dá um novo ânimo sabe….só ñ pude ainda repor as roupas doadas por novas…hahaha!!!Mas eu chego lá! rsrsrs!!!

  2. @Karen_Christine às 22:44

    Caramba, adorei! Descobri que sou consumista :/

  3. Lena às 16:05

    Ih Vivi, acordei querendo fazer isso hoje com as minhas calças que não cabem mais.. além de liberar espaço para outras coisas – pq meu armário tá abarrotado de coisas que eu não uso – ainda posso ajudar.
    Acordei mesmo pensando nisso!

    Vir aqui só me deu mais vontade de fazer!
    Beijos lindo!

  4. @zoombia às 22:18

    aaaah, fazer uma faxina no guarda-roupa é realmente bom! fiz isso há pouco tempo, doei muitas roupas e as praticamente novas eu vendi num brechó (forma boa de arranjar um dinheirinho fácil :D)

  5. Victoria Siqueira às 15:48

    É a melhor sensação do mundo. Fato! =***

  6. Michelli às 13:49

    A-DO-REI!

    Sou assim como você: mutante! Em constante movimento!
    Descobrir quem somos realmente tem a ver com se livrar de coisas que não fazem mais parte de nós. Mudamos e também estamos em constante movimento, nosso jeito, cabelo, estilo devem sim refletir o que somos! ^.^ adorei o post!

    1. Victoria Siqueira às 14:10

      É como eu digo: no dia que eu fizer uma coisa que não tiver uma pitada minha, eu desisto. E é assim com tudo o que eu faço… me irrito facilmente e se uma coisa me incomoda, eu desisto fácil.

      =*

  7. Katia às 13:48

    Arrasou!!! Eu faço isso, só que em parcelas hihihihihi
    um dia pego sapatos, outro casacos, outro blusas… assim nem dá tanta depressão rs

    1. Victoria Siqueira às 14:06

      Eu era assim, mas não funcionava. Fiquei 2 dias arrumando o quarto, separando o que não me interessava para doar pra alguém e só assim deu certo. Preciso ser extremista, senão as coisas não saem HAHAHA =*

  8. Bruna às 13:34

    Eu tb adoro fazer umas "Limpas" no guarda roupa de vez em quando! E nem ando mt apegada às minhas roupas não… acho que agora tenho me encontrado mais no meu estilo! Eu tinha MUITAs roupas que não tinham NADA a ver cmg.! Que comprava por impulso ou quando ia na cabeça de alguem! Hoje em dia eu to MUITo sossegada! Não ando naquele desespero não! Tenho focado em comprar roupas coringas que valham a pena..

    E é bom pra gente e para os outros né? Nos damos a oportunidade de comprar roupitchas novas e ajudamos quem nada tem!
    Parabéns pela iniciativa!

    beijos
    Bru

    1. Victoria Siqueira às 13:42

      Acho que é muito da idade também. Não sei quantos anos você tem, mas eu qnd era bem teenager comprava roupa de todos os estilos possíveis e imagináveis tentando me encontrar. Depois de velha, você começa a seguir um caminho, acaba sendo um processo mais natural. Meu guarda-roupa ainda era um reflexo disso: comprava muita coisa que eu achava bacana mas no fim, não tinha nada a ver comigo.

      =***

  9. Amanda às 03:12

    Você disse exatamente tudo que eu venho sentido mais intensamente nos ultimos meses! Tenho sentido a mudança do meu estilo, dos meus gostos. Tenho tido muita vontade de tirar tudo que não serve mais para mim, e é exatamente o que venho fazendo nessas duas últimas semanas. E isso é realmente inovador, afinal, conseguimos sempre ter menos do que temos e consequentemente aproveitar melhor, além de ajudar outras pessoas.

    1. Victoria Siqueira às 12:59

      A gente sempre tem a impressão de que precisamos de mais, e mais… fora aquele apego com aquela peça que marcou um dia especial, ou que vc ganhou de presente de alguém que gosta muito. Eu fui acumulando assim rs… acredita que eu tenho duas gavetas vazias e antes eu não tinha espaço pra mais nada? É um alívio! HAHAHAH =*

  10. kikadelpiero às 02:30

    Mamis cuida de um bazar beneficente, adoraria a sua doação.
    E como ela cuida, aqui a coisa mais normal é fazer isso, só que quase mensalmente e é ótimo!!

    1. Victoria Siqueira às 13:00

      Nhê, doei pro centro que eu frequento =[ Mas na próxima eu já sei pra onde levar!

  11. Hellê às 02:01

    eu enchi duas colonas alguns meses atrás, e aih esses tempo tava notando que ainda não saiu toda a tranqueira, realmente tem coisas que me bate aquela dúvida "mas será que eu não vou mesmo usar?" aih normalmente fica mais uns 6 meses trancafiada no guarda-roupa, daih decido que realmente não usaria, mas o problema mesmo é pra renovar, sou aquela que não faz nada da vida além de estudar, então ainda não tenho dinheiro pra dar uma de shopaholic, vou comprando uma coisinha aqui, outra ali, mas tudo desses novo estilo que venho adquirindo de uns tempos pra cá, com ctza a primeira coisa que farei com meu primeiro e suado (ou não) salarinho será tomar aquele banho de lojas *-*

    1. Victoria Siqueira às 13:02

      Veja bem: eu fiquei uns 7 anos acumulando coisas HAHAHAHA… a única coisa que sobrou foi uma camiseta verde do Ramones da Triton que eu comprei uns 8 anos atrás e é meu xodó: nunca uso, mas guardei pq adoro ela rs.

      Na verdade refiz 25% do guarda roupa, priorizei roupas de frio e peças chaves tipo camisa xadrez e camiseta, que eu posso usar de várias maneiras. Mas preciso ficar ryca pra terminar de refazer o resto rs… =*

  12. Lu Ferreira às 01:14

    Nhaiii, que legal que inspirei alguém!!! Hahaha… Mas sério, eu fiz isso de tirar metade do guarda roupa há alguns meses, e nossa… Faz TANTA diferença!! E também reparei que agora sou muito mais criteriosa com minhas compras… Não levo mais tanta tralha pra casa =D BJ!

    1. Victoria Siqueira às 13:07

      Lu, você foi minha diva inspiradora! HAHAHAHA

      Eu tava no trabalho, programando minha arrumação quando li seu post e decidi que daria o fim em tudo. Parece que a gente tira um master peso das costas, é renovador. Há um tempo eu andava chata para comprar roupas, mas agora parece que fiquei mais ainda: experimento, dou uma volta, experimento de novo se eu tenho alguma dúvida… muito melhor!

      =*

  13. Gabriela BN às 01:02

    ja vou começar dizendo que este post poderia muito bem ter sido escrito por mim: sagitariana, looouca por mudanças, tou acabando de arrumar meu guarda-roupas, tirei mil coisas pra doar e me inspirei no pos da lu. haha. só faltava o nome ser igual auheuaheuae

    nem preciso dizer que concordo com tudo o que você disse né? hehe. mas realizar essas mudanças, na vida, no cabelo, nas roupas, na casa são tão boooas =) dão um novo gás, mlhoram tuudo! hehe
    espero que ainda tenham muitas mudanças na tua vida =)) hehe
    beeeijos

    1. Victoria Siqueira às 13:35

      Mentira! Que coincidência menina, adorei!

      Eu ADOOOOORO mudar e a maioria das minhas mudanças são do dia pra noite. Eu fiquei loira 3 anos e do nada decidi ficar morena, todo mundo levou um choque na segunda. Dá um gás, ânimo, renova… amo!

      =*

  14. Victoria Siqueira às 21:51

    Oi Helen!

    Meu caso normalmente daria até 2 sacos, mas rolou todo um acúmulo de coisas sabe? O que mais me incomodava era isso: porque eu acumulava tanta tranqueira, tanta roupa de 5, 6 anos atrás. É um pouco de exagero, mas estou refazendo também aos poucos, priorizando roupa de frio que era algo mais urgente rs… boa sorte pra vc tb nessa fase nova!

    =*

Deixe seu comentário!