Madonnismo

postado em  •  7 comentários

Hoje, dia 16 de agosto, a eterna rainha do pop (chupem essa, fãs da Britney e da Gaga) completa 52 primaveras.

E para comemorar o aniversário da diva, eu e a Tieli elegemos as 5 melhores momentos do Madonnismo. Vem com a gentchy!


Os melhores momentos do Madonnismo de 1983 a 2007: uma mulher de fases.

01- Bagaceira Conceitual

Começo de carreira, super cafona com propósito de virar fashion. Abriu o guarda-roupa e colocou tudo, sem calcular. Conceito que Madonna voltou a usar quase 25 anos depois na sua coleção Material Girl para a loja Macy’s.

Para ouvir: Lucky Star, Boderline, Material Girl e Like a Virgin.

02- Loirí­ssima e Ambiciosa

Mais marcante que a caracterí­stica quenga, só os cabelos ultra loiros. E parece que as melhores músicas e momentos da diva acontecem justamente quando ela aparece com o cabelo ultra-claro. Tem como não amar?

Para ouvir: Express Yourself e Vogue.

03- Quenga Pride

Porque Madonna boa, é Madonna puta né gente? Não dá para falar sobre a diva sem citar suas polêmicas sexuais e suas declaraçíµes picantes ou contra o conservadorismo.

Para ouvir: Like a Prayer, Erotica, Justify My Love eBad Girl.

04- Trabalhada na Latinidade

Madge é declaradamente chegada a um sangue latino, e nunca fez questão de esconder isso. Nas música ou em seus relacionamentos (vulgo Carlos León, progenitor de Lourdes Maria, e o atual peguete Jesus Luz), a latinidade corre nas veias da diva. “Latins do it better” pra ela!

Para ouvir: La Isla Bonita, You’ll See, Take a Bow e Spanish Lesson.

05- Fofa!

Quem disse que a Madonna também não pode ser fofa? Apesar das músicas duplo sentido e das atitudes carregadas de polêmica, ela também tem momentos cutes, daqueles de agarrar o ursinho e cantar abraçado.

Para ouvir: Crazy For You, Cherish, Open Your Heart, Love Profusion e Miles Away.

Bonus: Na Buatchy

Então já que é aniversário da diva, nada melhor do que uma seleção de músicas dela perfeitas pra descer até o chão na buatchyz!

Para ouvir: Nothing Really Matters, Ray Of Light, Hung Up, Sorry, Get Together, Depper and Depper, 4 Minutes e Celebration.

Feliz aniversário tia! Muitos anos de vida e que você faça ainda muitos hits para a alegria dos seus fãs \o/

7 comentários em “Madonnismo”

  1. Fernanda às 21:00

    Adorei as definições de cada uma das fases da Madonna! Uma melhor que a outra, né? hahaha, adoro todas, mas a Bagaceira Conceitual é minha preferida. E daqui a uns 10, 15 anos hein, qual será a fase da diva na terceira idade? hahaha
    beeijos :*

  2. sininhu às 19:11

    A melhor música da Madonna é Human Nature! :}
    Mas a melhor fase dela, com certeza, foi naquela época do Ray of Light – Music. Ela era tão linda e sempre radicalizava o mundo inteiro com as letras das músicas dela (que geralmente protestavam contra algo).
    Agora acho que ela só quer ser mais uma cantora pop, esqueceu sua própria virtude 'guerreira'. Virou mais do mesmo.
    Espero que ela volte a chocar algum dia!

  3. Dakota Na Rede às 18:39

    52 anos estelares!

    E o post ficou ótimo! Humor é tudo! ;-)

    Compartilhamos nas nosas redes, no Twitter, http://twitter.com/DakotaNaRede e no FaceBook, http://www.facebook.com/?ref=logo#!/profile.php?i

    Um abraço!

  4. Victoria Siqueira às 19:06

    Diva mor sempre!

  5. Victoria Siqueira às 19:05

    Ah, ela é blasé mas é diva! HAHAHHAHA

  6. jenymendes às 10:09

    Hei so faltou falar dos momentos religiosos, profundos e reflexivos da diva né http://jenymendes.wordpress.com/2010/08/11/ray-of

    1. Victoria Siqueira às 19:06

      Jeny \o/

      Na verdade a gente sintetizou muita coisa, senão a gente faria um #lista1001 de tantas coisas que a Madge pode ser. Na vdd tinha o Mística mas ai eu troquei pela bonus Buatchy HAHAHAHA

      =*

Deixe seu comentário!