janeiro 2013

Dose de amor do dia: Maddie On Things

postado em  •  24 comentários

Acho que um dos maiores prazeres dentre os apaixonados pelos seus bichos de estimação é registrar algumas das peripécias e momentos de seus fieis escudeiros ”“o Instagram talvez seja a maior prova disso e não me deixa mentir. Aliás, digo isso por mim: adoro publicar foto da Lilly e da Chilly por lá!

Mas o fotógrafo Theron Humphrey resolveu ir além de compartilhar as fotos no seu Instagram ou ainda no seu perfil do Facebook, e criou um projeto para homenagear sua companheira de todas as horas. O Maddie On Things virou um tumblr aonde Theron compartilha fotos de sua cadelinha Maddie em vários momentos, que vão desde um passeio até situaçíµes inusitadas, como em cima de uma balança, enfiada dentro de um armário ou ainda, fantasiada.

madge-00

madge-01

madge-02
Continue lendo →

Como eu me sinto: no transporte público

postado em  •  17 comentários

Ah a segunda-feira! Hora de retomar a rotina diária e… se estressar. Depender de transporte público tem lá suas vantagens, mas conviver nele diariamente sem passar por ~apuros~ é uma arte. E como se não bastasse o transito e a má qualidade do transporte público (menos do metrí´, que é amor vdd amor eterno), ainda tem o fator conví­vio com outras pessoas que nem sempre, tem a mesma educação que a gente.

marilyn-bus

Por isso, baseado no meu dia-a-dia de í´nibus, trem e metrí´, fiz uma seleção de coisas que mais me irritam e/ou me deixam constrangida no transporte público inspirada nos geniais tumblrs “Como Eu Me Sinto Quando” e “Classe Média Sofre”, tendo como personagem principal a nossa musa dos gifs, Neidinha!.

#01: Quando encontro algum conhecido e não quero socializar

tumblr_mao2p2zF7s1r3ty02o1_500

Se “fazer a egipcia” fosse esporte olí­mpico, certamente eu seria campeã. Não que eu não goste de conversar ou encontrar com as pessoas, mas é que convenhamos rola toda uma preguiça de ser simpática e socializar nas primeiras horas da manhã. í‰ claro que, uma hora ou outra, você vai encontrar quem você não gostaria de encontrar na rua, como ex-namorados/peguetes/cunhados, amigos do colégio que você não vê há anos e que conseguem ser piores que as tias que perguntam dos namorados no Natal.

A solução? Leve sempre na bolsa seu iPod devidamente carregado, fone de ouvido e se possí­vel, um livro, revista ou, na pior das hipoteses, destraia-se lendo os últimos tweets na sua timelinda.

#02: Quando a egipcia não funciona e a pessoa vem falar comigo

ol

Ai não tem jeito né? Se a pessoa for querida (ou ao menos suportável), ainda rola algum entendimento e a conversa pode acabar sendo boa. Agora se for alguém não tão desejável assim, o que resta é apelar para a boa e velha conversa monossilábica no melhor estilo Guru do Gugu.

#03: Quando um estranho começa a conversar comigo

tumblr_ma5mtwzzPZ1r3ty02o1_500

Como eu já disse ali, sou blasé pela manhã e odeio socializar, mas isso fica meio impossí­vel principalmente quando você pega í´nibus no mesmo ponto e no mesmo horário todos os dias: inevitavelmente alguém vai começar a se sentir í­ntimo o suficiente para puxar conversa com você pelo simples fato de vocês se encontrarem todos os dias. Até aí­, nenhum problema. O problema é quando a pessoa começa a querer saber aonde você mora, o que você faz da vida, aonde você trabalha e começar a compartilhar os dramas da vida como se fossem amigos de infí¢ncia. Apenas não.

Continue lendo →

Pequeno guia de ~sobrevivência~ para dias preguiçosos

postado em  •  13 comentários

Quem nunca acordou com aquela preguiça de se arrumar para ir trabalhar ou ir para a faculdade? Ou sair para resolver alguma coisa em pleno final de semana? Ou pior: quando o gatchenho te ligou avisando que vai passar na sua casa em 40 minutos e você está jogadí­ssima no sofá com ressaca da noite anterior?

PREGUIí‡A MAS PFVR GATíSSIMA

Não adianta: todo mundo tem daqueles dias em que a última coisa que você quer é penssar em se arrumar -e, se sair na rua cagadí­ssima, certamente será o dia em que você vai encontrar todo mundo que você NíƒO gostaria de encontrar.

Eu confesso que tem dias que eu acordo e morro de preguiça de pensar qual será o look do dia, quase sempre acompanhada da sensação do “eu não tenho roupa” mesmo tendo um guarda-roupa abarrotado dela. O mesmo vale para os finais de semana, em que tudo que eu desejo é ir para aquela balada animadí­ssima, o El Dredon e divar ao som do DJ Pillow.

Há quem recomende deixar a roupa separada a noite para o dia seguinte, mas comigo não funcionou muito porque sou dessas que gosta de se vestir de acordo com o humor, mesmo que eu não o faça sempre. O mesmo vale para os looks de balada, que muitas vezes eu idealizo durante todo o dia e na hora de vestir, desisto.

Por isso, inspirada nos dias de preguiça e zero inspiração, em que ~euzinha~ bem desejaria sair por aí­ usando pijama e pantufa, selecionei algumas ideias práticas e fáceis para dar um tapa no visual enquanto a cafeteira não passa o café.

#01- Coques fofos em 30 segundos

Sabe aquele dia que você acorda e o cabelo não tá legal, fazendo jus a expressão “bad hair day”? Que você prefere dormir mais 20 minutinhos do que acordar mais cedo para lavar o cabelo? O secador quebrou ou tá um calor tipicamente senegalês e você nem quer saber daquele ar quente na sua cara? í‰ esses momentos que um bom coque alto pode salvar vidas e ainda, te deixar com um ~ar~ super cool.

O site da marca Free People produziu um ví­deo aonde eles ensinam 3 tipos de coques fofos e cheios de estilo em apenas 30 segundos/cada.

E acredite: é possí­vel, inclusive para cabelo que não são nem médios nem tão longos, como o meu. Fiz o Carly”™s Bun, que é um com mais voluminho e bagunçadinho e consegui fazer de primeira.

COQUE ALTO PROPOSITALMENTE BAGUNí‡ADO EM ALGUNS SEGUNDOS: BAD HAIR DAY AGRADECE

Outra dica legal envolvendo coques, principalmente quando você lava o cabelo de manhã e vai sair para a balada a noite: deixe o coque bem torcido e solte só depois de algumas (boas) horas. O cabelo vai ficar levemente ondulado, e dá até para improvisar um penteado de lado, colocando um grampo na parte de trás para dar uma segurada no picumã.

#02 Mini-Rockabilly para o dia-a-dia

Quem tem ou já teve franja sabe como a relação é de amor e ódio. Para falar a verdade, mais ódio do que amor. Tem quem corte e se arrependa, os momentos em que dorme com a cara enfiada no travesseiro e ela acorda torta/amassada, quando o cabelo começa a ficar oleoso e ela fica desmilinguida. E no calor então? Um verdadeiro inferno. Mas confesso que apesar dos apesares, não consigo ficar muito tempo sem.

Para os dias de calor ou quando ela não está tão favorecida, apelo para um mini-topete, que eu faço em alguns minutinhos usando só um pente fino, grampos e spray fixador. Achei esse ví­deo da Jessy do Two Dots que ensina a fazer direitinho e sem firulas:

O mais legal é que além de fácil, ele pode ser feito também por quem não tem franja mas quer incrementar o penteado do dia-a-dia, como um rabo de cavalo ou o solto basicão.

#03 Cores na make para animar

Quanto acordo de mal humor, durmo mal ou estou com preguiça de fazer algo muito elaborado, geralmente recorro para algum batom colorido, como o vermelho ou pink, mesmo durante o dia, combinado ao meu bom e velho delineador gatinho preto. Dentre os vermelhos, o meu favorito de longe é o Ruby Woo da MAC, mas o das meninas do Starving para a Tracta, com um tom mais fechado e puxado para o vinho, também é magní­fico e baratchinho. Dentre os pinks, amor verdadeiro amor eterno para o Rare Exotic (linha semi-matte) da MAC e o Rosa do Mar da coleção da Bru Tavares para a Tracta.

ALGUMAS IDEIAS E INSPIRAí‡í•ES DE MAKE PARA DIAS DE PREGUIí‡A

Não curte batons muito coloridos? Anda cansada do delineador preto de cada dia? Então troque o delineador preto pelas versíµes coloridas como o azul. Apesar de nada básico, ao mesmo tempo não é ultra ousado mas faz uma baita diferença. Eu, que sempre fui apegada ao preto, virei fã dos delineadores coloridos, e costumo combiná-los com algum batom mais cor-de-boca ou rosa clarinho como o Pink Plaid da MAC e o Califórnia da Contém 1g. Dentre os delineadores, estou amando a Cor 6 da coleção Jeans da linha Intense de O Boticário -é um azul marinho, bem cor de jeans lindo, metálico e lindo.

Continue lendo →

Para embalar o final de semana: C’mom, a nova da Ke$ha

postado em  •  Comentar

Em 2008, fiz um post aqui no blog reclamando que não se faziam mais artistas pop como antigamente. O engraçado é que agora, 4 anos e pouco depois, apareceram várias realmente coisas boas: Lady Gaga e Rihanna estão aí­, no topo do mundo e divando nas paradas, e não me deixam mentir. E me arrisco a dizer que até o One Direction está no caminho de ser um neo-BSB para esta geração.

Mas, dentre tantos artistas novos que surgiram no pop nos últimos anos, confesso que a Ke$ha está entre minhas favoritas. Embora ela deixe a desejar ao vivo com sua voz desafinada e seus auto-tunes live, vamos confessar que é difí­cil ficar parado quando rola algum hit da moça.

E para a alegria dos seus admiradores, a moça lançou hoje divertido clipe de “C”™mon”, segundo single do álbum Warrior, e que certamente fará você dançar como se não houvesse o amanhã em uma próxima balada.

Dias antes do lançamento do clipe, Ke$ha lançou um lyric-video para o single que é a coisa mais lindafofaaiquevontadedeapertarmeudeusdocéu do mundo, com direito a gatinhos, cachorros, pinguins, e claro: influências ~psicodélicas~ e illuminatis. í‰ tão fofo que vale o play (e o replay!) e se apaixonar -e até me arrisco em dizer que dá de 10 no clipe:

Sério, como não amar? Como? Me diz? <3 keshagif

Em tempo: muito feliz com o comeback do Justin Timberlake (OBG Deus!), do Destiny Child e do 5ive. Já pode preparar o comeback oficial também, Spice :D