Tenho mais CDs do que amigos (e maquiagem)

postado em  •  21 comentários

Encerrei as atividades da sexta passada com um único desejo: tirar meu final de semana para me dar um tempo. Nada de baladas, ou programas que exigissem o mí­nimo de esforço fí­sico e mental meu. Estava precisando disso, talvez mais do que uma viagem ou algo que tecnicamente me revigoraria normalmente.

Aproveitei meu final de semana no mais puro ócio para fazer algo que eu vinha protelando há muito tempo: reorganizar meu quarto. Não sou a pessoa mais organizada do mundo e confesso que sou bem baguceira, dessas que deixam as roupas acumularem em cima da cama (e não, não me orgulho disso), mas botar as coisas em ordem costuma funcionar quase como uma auto-faxina mental, principalmente quando não estou no meu melhor humor. E a reorganização funciona quase como um ritual: antes de começar, separo os meus CDs favoritos, pego meu aparelho de som e me tranco lá o dia inteiro.

Desta vez, a arrumação foi um pouco mais profunda que das anteriores, e em todos os sentidos. Além das várias caixas de coisas que estavam guardadas e esquecidas no armário, como roupas, bichos de pelúcia, sapatos que eu não uso mais e bijuterias que comprei e jamais usei, resolvi liberar a parte aonde eu guardava meus CDs. E o que era para ser só um bota-fora, acabou se tornando uma viagem no tempo.

MEUS CDS FAVORITOS: PODERIA VIVER OUVINDO-OS EM LOOPING PELO RESTO DA VIDA

MEUS CDS FAVORITOS: PODERIA VIVER OUVINDO-OS EM LOOPING PELO RESTO DA VIDA

Sempre fui uma grande consumidora de CDs, talvez tanto quanto roupas e maquiagem, e este é um hábito que eu cultivo até hoje. Enquanto a maioria das pessoas nutrem amores por DVDs e livros e mulheres por sapatos e batons (não que eu não seja assim, pelo contrário) eu nutro por CDs fí­sicos, mesmo em tempos de MP3 e músicas disponí­veis para serem baixadas gratuitamente pela Internet toda. Claro que eu não vou ser hipócrita de dizer que eu não baixo músicas, inclusive faço isso todos os dias, mas se eu gosto muito de um artista ou de um determinado álbum, faço questão de também ter uma versão fí­sica ”“mesmo que ela fique guardada em algum cantinho no meu quarto.

Para mim, meus CDs contam um pouco da minha história. A cada caixinha que eu pegava e decidia se iria guardar para a posteridade ou se levaria para o armário da garagem, fiquei pensando nas lembranças que cada um deles trazia. Dos mais trashes como as coletí¢neas no melhor estilo “As 7 Melhores da Jovem Pan” e “Axé Brasil 96” a CDs de bandas e artistas que eu amo até hoje como Killers e Hole, cada um deles contavam uma parte do que eu vivi nesses últimos 18 anos, quase como uma trilha sonora da minha vida.

Demodê, vintage ou ultrapassado para as novas geraçíµes, o que importa é que eu pretendo continuar comprando CDs e transformá-los em trilhas de pequenos contos da minha vida real enquanto puder colecioná-los.

E vocês, também continuam comprando CDs ou se contentam apenas com versíµes digitais?

21 comentários em “Tenho mais CDs do que amigos (e maquiagem)”

  1. L às 13:32

    Ô se compro!!
    O que você disse sobre baixar musicas diariamente mas fazer questão de comprar o CD físico daquela banda que a gente gosta muito é exatamente o que eu sinto e o que eu tento explicar pra todo mundo que não entende o meu consumo de discos.

  2. Kayte Romeiro às 18:25

    Ver vc falando d tdo isso é voltar no tempo e matar as saudades… É tão bom saber q existem pessoas q pensam e sentem o mesmo q vc… Eu amo música e sou igual a vc, amo colecionar CDs (principalmente os da Britney. Eu a amo! Hehe)… Mas acabo sempre no prejuízo rs, pq compro CDs importados do Japão e isso me leva a falência rs… Adoro as músicas extras q vem, o encarte diferente do CD comum e um monte d brinde hehe :P

  3. Letícia às 18:41

    Oii Vii, sempre compro CDs das bandas que mais amo! Dos The Killers tenho todos obvio e o Flamingo do nosso maridodelícia Brandon!

    Eu compro, mas sempre sou criticada pelos meus amigos! hahaha eles acham uma besteira! Mas eu acho tão bom poder ter o CD e com o tempo ele vai ficando com as "marcas da idade", quando quebrou a ponta batendo no porta-luva do carro, ou estragou a capinha porque pegou chuva, parece que vai ganhando mais graça ainda!

    Pior que CD são os meus VHS… Em Porto Alegre tem apenas 1 locadora que ainda loca e eu AMO!

    Também conheci o blog há pouco tempo, mas pelo visto vou entrar aqui muitas vezes ainda! Bjs

    1. Victoria Siqueira às 20:29

      Nosso maridelicia é o melhor <333333 amo o Flamingo, puro xodó!

      Tenho sorte pq tenho alguns amigos que tb gostam de CD, mas não é a unaminidade né? Eu adoro pq o CD conta histórias, principalmente qnd riscados, quebrados, ETC hahahaha <3

      E volte sempre, pfvr! :*

  4. Sheila às 22:37

    O engraçado é que desses cds que vc mostrou, eu tenho a metade, adoro! Por motivo de falta de espaço (como estamos vivendo em espaço cada vez menores…) não tenho comprado cds. O último que ganhei foi uma edição especial do U2. Algumas bandas faço questão de ter o cd mesmo, arranjo espaço. Mas não consumo como há dez anos atrás. Deu saudade, é gostoso mesmo ter o original, pegar na capa… E alguns marcaram fases (tristes ou felizes) :) Bjo

  5. Patricia às 15:55

    E eu achando que era só eu que ainda comprava cds kkk. Gasto um bom dinheiro com eles por mês. Baixo musicas mas nao acho a mesma coisa, ainda prefiro os cds. Tirar da caixinha e colocar no radio pra tocar, é uma terapia pra mim. Descobri o blog há pouco tempo e estou amando

    1. Victoria Siqueira às 22:00

      Sim, é uma sensação muito maravilhosa <3.

      E obrigada <3 <3 <3

  6. Luana às 09:59

    Amo comprar cds e coisas de bandas que amo. Só não compro mais porque minha mãe quase tem um troço quando chego em casa com um cd e não uma blusa nova hauhahuahau Me segurar na galeria do rock é quase uma missão impossível (fico desejando todos aqueles banners gigantes e miniaturas de instrumentos ahuhauhauhau)

    1. Victoria Siqueira às 22:01

      HAHAHAHAHAHAHA! Tem uns bons anos que eu não vou na Galeria, trauma pq na última vez que eu fui lá fui assaltada lá na frente :( ~mas quero ir em breve de novo pra fazer um pequeno estrago~ HAHAHAH

      :*

  7. Kelly às 15:35

    Nossa, tinha uma época que eu era louca por cds e fitas. Hoje baixo tudo na net!

  8. Vy* às 13:37

    Eu compro, inclusive gastando dinheiro consideravel com isso pq não acho a maioria dos q gosto no Brasil… E quando gosto do artista, tenho que ter a coleção completa, inclusive com os cds que eu detesto, hahaha

    1. Victoria Siqueira às 22:02

      Sim, eu! Eu tenho até os greatest hits HAHAHAHA

  9. Elô às 16:36

    Eu compro, porque só ouço no meu aparelho de som, mas eu tiro da caixinha de acrílico e guardo em eenvelopes de cd, ocupam menos espaço.

    1. Victoria Siqueira às 22:02

      Que ótima ideia <333333

  10. Ariane (Anne) às 20:58

    Oi Vi, faz séculos que nao compro um CD, acho que o último foi há uns dez anos!! haha!! Com tanto trabalho, mal consigo ouvir musica..mas cade os CDs das Spice, BSB e Hanson (lembra?) hahaha

    1. Victoria Siqueira às 22:02

      Eu lembro qnd vc ganhou o da Thalia e do Ricky Muso Martin! HAHAHAHA sdds <3

  11. Raiana Pereira às 15:21

    Não compro todos os que quero (divido entre as outras paixões) mas se for alguma banda que eu goste muito compro assim que vejo, mas normalmente eu faço o download e aí se eu gostar mesmo, algo tipo "Gente, preciso!!!" eu compro. Adoro sentir o cd físico, a emoção de pegar a edição de comemoração dos 50 anos do Rolling Stones não foi nem de longe parecida quando escutei -antes de ter os cds- as faixas no pc de um amigo.
    Mas confesso que compro mais DVD's (no mesmo esquema do cd) ou livros -não aderi as versões PDF-

    Beeijos!

    1. Victoria Siqueira às 22:03

      Eu não consegui me adaptar com os livros online. Livro pra mim tem que pegar, folhear, enfim :~

      :*

  12. Paula Alvarez às 15:19

    Tenho muiiiiiitos CDs em casa também, e até hoje compro! O último foi do "The Lumineers". Também gosto disso, ter o físico ali rs poder olhar a embalagem, alguns ainda mantiveram os encartes com LETRAS, o que eu acho um máximo, pois a maioria só coloca duas fotos e pronto!!!!
    Também tenho de porto seguro, da Jovem Pan uns 3 pelo menos, fora os sem capinha que perdi quando coloquei todos no porta CD o que HOJE acho uma besteira :/
    Coleciono cds, dvds e livro…e claro que faço download para mp3 hehehe mas mantenho a tradição!
    Tirarei fotos depois, me empolguei ;)

    beijãozão*

  13. sabrinal3 às 15:17

    Oi tudo bem ??
    Sempre fui apaixonada pelo seu trabalho , acho você uma fofa e te admiro muito .
    Sou maquiadora a um tempo e agora resolvi fazer um blog pra divulgar o meu trabalho .
    Hoje valorizo mil vezes o trabalho de vocês , cada dia se dedicando mais e sendo reconhecida de maneira que merecem .

    Se você puder me dar a sua opinião sobre o meu Blog ficarei muito agradecida , aceito criticas kkk apesar que é assim que agente aprende . http://sabrinalimamakeup.com/

    Muito Obrigada

  14. Ana Paula às 15:11

    Eu compro cds das bandas que mais amo, tenho uma coletânea do Coldplay guardadinha e que significa muito pra mim <3
    Gosto muito de comprar cds, parece que a gente traz o artista "pra perto", parece que é um pedacinho dele ali na sua mão. Mesmo que eu não ouça com frequência, sei q eles estão lá e dizem muito de mim!

Deixe seu comentário!