junho 2013

Brownie sem glúten e em leite, mas com muito amor!

postado em  •  12 comentários

Um dos grandes desafios que eu encontrei desde que passei a evitar o consumo de glúten e o leite por conta da minha intolerância que eu disse aqui, foi buscar alternativas livres destas proteí­nas mas que fossem gostosas de verdade, e não só um tapa buraco para me alimentar. Embora hoje exista muitas opçíµes SGSL no mercado, infelizmente, este tipo de alimentação especial ainda é MUITO cara, por ser algo restrito para um nicho e usar ingredientes alternativos, que por sua vez, também custam mais caro. Fora que nem sempre a gente encontra tudo que a gente quer, então o que nos resta é fazer nossas próprias experiências na cozinha.

Eu até gosto de cozinhar, mas confesso que morro de preguiça de fazer as coisas triviais. Ter uma limitação alimentar me impulsionou a descobrir novos sabores e me arriscar mais na cozinha, chegando ao ponto até de tentar fazer receitas por minha conta e risco. E quer saber? Tenho feito isso com o maior amor, a maior boa vontade, com o sorriso no rosto.

Ontem decidi que tentaria fazer uma receita de um dos meus doces favoritos, Brownie, livre de glúten e lactose. A tentativa foi a partir da receita que eu vi no blog Delishville, especializado em comidinhas delí­cias livres de glúten, com algumas adaptaçíµes por conta da lactose. O resultado não poderia ser melhor: até meus pais, que não tem restriçíµes alimentares, amaram e devoraram a fornada <3.

Ingredientes:

180g (ou 1 barra e 1/4) de chocolate 70% cacau -Lindt e Cacau Show tem!
200g de Farinha de Amêndoas (comprei no site da Zona Cerealista)
3 colheres de sopa de Margarina Vegetal
3 Ovos
3 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sobremesa de fermento quí­mico
Oleaginosas da sua preferência e a vontade (usei castanha do pará)

Comofí¤s?

MANTEIGA NíƒO PODE, HONEY BOO BOO

MANTEIGA NíƒO PODE, HONEY BOO BOO

Para começar, quebre o chocolate em pedacinhos e coloque para derreter no microondas. Como varia de aparelho para aparelho, no meu 4 minutos foram o suficiente para ficar bem lí­quido. Enquanto ele derretia, deixei para bater na batedeira os ovos e a margarina, seguido da farinha de amêndoas. Adicionei o chocolate derretido, o açúcar e o fermento e bati por mais alguns minutos. Depois adicionei as castanhas picadinhas e joguei a mistura numa forma untada com óleo. 35 minutinhos no forno elétrico e…

NHAM!

NHAM!

O resultado ficou aquele brownie que nós amamos: com a parte de cima com aquela casquinha crocante e molhadinho dentro. Importante: não desenforme nem tente cortar ele ainda quente, porque ele dá uma debulhada. Segure a ansiedade, deixe-o esfriar bem e corte em quadradinhos!

PALMIRINHA CERTAMENTE TERIA ORGULHO DE MIM!

PALMIRINHA CERTAMENTE TERIA ORGULHO DE MIM!

Minha próxima tentativa vai ser uma versão mais barata e também light, substituindo o açúcar pelo adoçante de forno e fogão e o chocolate em barra por cacau em pó. Se der certo, faço um update aqui! HAHAHAHA :D

Coisa linda do dia: The Killers canta The Smiths

postado em  •  6 comentários

Oi gente! Tí´ sumida, tí´ relapsa, to negligente… eu sei. A vida está boa, está corrida e ainda tenho uma monografia para entregar em setembro. Eu até tenho ideias e pautas para escrever aqui no blog, mas preciso confessar que o pouco tempo que acaba sobrando no meio desta loucura, tenho procurado descansar (ou melhor, dormir mesmo). Mas juro que vou arrumar tempo para voltar a escrever com mais frequência aqui :D.

Mas para vocês não acharem que eu morri ou desisti do blog, vim falar sobre amor, ou sobre coisas lindas para você ver neste sábado de outono. Tipo Killers fazendo cover de Ask do Smiths no show de quinta passada (06). Brandon, meu muso-mor absoluto desde 2005, fazendo com que eu garre ainda mais amor por ele -se é que isso é possí­vel.

~Ascho lynda~? Então pega na minha mão e faz um vale a pena ver de novo com a versão que o Brandolindo fez de “There Is A Light That Never Goes Out” em fevereiro ”“e eu já tinha apontado aqui como um dos motivos para ama-lo incondicionalmente.

Ou seja pessoal: se isso não é amor, não sei mais o que pode ser. PLMDDS Brandon, eu sei que você pediu para ser maravilhoso assim no vale do eco, mas vamos parando de esfregar isso o tempo inteiro na cara da sociedade porque eu não tenho mais estruturas para isso hihihi.

HIHIHIHI <3 HIHIHIHI <3[/caption]