Anos 90: 10 álbuns de rock para amar hoje e sempre

postado em  •  21 comentários

Ok, não é definitivamente nenhuma novidade para quem acompanha o blog do quanto eu amo/sou anos 90, sobretudo quando o assunto é música. Costumo, inclusive, brincar que meu goto musical parou na metade da década passada, porque a última banda que realmente me conquistou a ponto de ser fã foi o Killers, porque o resto acaba ficando na década de 80 e principalmente, a de 90.

FAZENDO DO RÁDIO MINHA MAQUINA DO TEMPO

Aproveitei essa vibe maravilhosa noventista e o “Dia do Rock” para fazer um post que já estava sambando na minha pasta de rascunhos há tempos: álbuns de rock anos 90 para você amar ontem, hoje e sempre e atualizar a sua biblioteca de músicas.

#01 Hole, Celebrity Skin (1998)

hole

Os fãs mais xiitas provavelmente dirão que este é um dos piores álbuns da banda liderada pela deusa/rainha/diva do grunge, Courtney Love. Mas eu, que também sou fã da banda, direi que é o melhor. Bem diferente de seu antecessor, o aclamado pela crí­tica “Live Through This” (1994), Celebrity Skin mostra uma faceta mais pop e divertida da banda ”“embora seja muito subestimado. í‰ de longe um dos meus álbuns favoritos dos anos 90.

Singles para você amar: Celebrity Skin, Awful e Malibu.
í“timas surpresas: Northen Star, Boys On The Radio, Heaven Tonight e Petals.

#02 Garbage, 2.0 Version (1998)

garbage1

Assim como os fãs do Hole, alguns darklings vão falar que o o primeiro álbum do Garbage é melhor, mas euzinha levanto o dedinho e faço isso na cara do underground:

NíƒO *TSC TSC TSC*

NíƒO *TSC TSC TSC*

O segundo álbum do Garbage é, na minha opinião, o melhor da banda. Uma mistura perfeita de rock alternativo com elementos eletrí´nicos resulta em um daqueles CDs que você larga tocando sem pular nenhuma faixa. Tanto é que depois dele, virei fã incondicional da banda -e esse amor perdura desde 1998 <3.

Singles para você amar: Push It, I Think I”™m a Paranoid, Special, When I Grow Up e You Look So Fine.
í“timas Surpresas: Medication, Sleep Together, Hammering In My Head e The Trick Is Keep Breathing.

#03 No Doubt, Tragic Kingdom (1995)

nodoubt

Esqueça o No Doubt de “It”™s My Life” ou Gwen Stefani de “Rich Girl”. A melhor forma da banda está em um dos seus primeiros álbuns, aonde a banda era menos pop e mais ska mas com Gwen sempre brilhando e divando muito nos palcos e aomilhando as inimigas com seu batom vermelho e terceiro olho. Apenas maravilhoso.

Singles para você amar: Don”™t Speak (<3), Just a Girl, Sunday Morning e Spiderwebs.
í“timas surpresas: Sixteen, End It On This e You Can Do It.

#04 Foo Fighters, The Colour and the Shape (1997)

foofighters

Na minha humilde opinião, todo o sucesso do Foo Fighters e genialidade do Dave Grohl poderiam ser resumidas neste álbum. Mais precisamente em duas faixas: Everlong e Walking After You. O que eles lançaram depois, só agregou o que já era bom.

Singles para você amar: Monkey Wrench, Everlong, Walking After You e My Hero.
í“timas surpresas: Up In Arms, See You e Doll.

#05 Red Hot Chili Peppers, Californication (1999)

rhcp

Se você tem entre 26 e 30 anos, provavelmente vai lembrar desta fase. O “Californication” foi o álbum que marcou o retorno de John Frusciante í  banda, e foi puro frisson: todo mundo virou fã da banda e o álbum virou um daqueles “must have” entre a galera. Festinha na garagem tinha que ter Backstreet Boys, Britney e… RHCP. Amigo secreto no colégio? Lá estava ele entre os presentes mais pedidos na turma. Foi na época também do auge da MTV e de programas como Disk e claro que o RHCP não saia das paradas. E milhares de meninas tiveram Anthony Kieds como amor platí´nico.

Você pode ficar anos sem ouvir o Californication, mas quando ouvir uma das cançíµes do álbum, com certeza vai saber cantar de cor.

Singles para você amar: Scar Tissue, Around The World, Californication, Road Trippin’ e Otherside.
í“timas surpresas: This Velvet Glove, Porcelain, Easily e Parallel Universe.

#06 Smashing Pumpkins, Mellon Collie and the Infinite Sadness (1995)

smashingpumpkins

Taí­ um album que de tão lindo, dá vontade de emoldurar. Smashing Pumpkins foi uma das minhas bandas favoritas da adolescência mas confesso que depois de alguns anos, parei de acompanhar os lançamentos. Porém, mesmo anos depois, o “Mellon Collie and the Infinite Sadness” continua sendo um dos meus CDs do coração.

Singles para você amar: Tonight Tonight, 1979, Bullet with Butterfly Wings e Zero.
í“timas surpresas: Galapogos, Jellybelly, Cupid De Locke, By Starlight.

#07 Oasis, Be Here Now (1997)

oasis

Taí­ uma banda que deixou saudades. Esqueça o ego e as polêmicas dos irmãos Gallagher e concentre no que eles sabem fazer de melhor: a música. E se você tem alguma dúvida disso, faça o imenso favor de ouvir o “Be Here Now”.

Singles para você amar: Stand By Me, Don’t Go Away, All Around The World e D’You Know What I Mean?.
í“timas surpresas: My Big Mouth, I Hope I Think I Know, The Girl In The Dirty Shirt.

#08 Alanis Morissette, Jagged Little Pill (1995)

alanis4x3-03

Alanis entrou no mercado internacional com os 2 pés na porta com “Jagged Little Pill”, consagrando-a como uma das grandes nomes da década de 90. Duvido que você não goste de pelo menos uma das músicas deste álbum.

Singles para você amar: You Ougtha Know, Hand In My Pocket, Ironic, Head Over Feet e You Learn.
í“timas surpresas: All I Really Want, Wake Up e Forgiven.

#09 Silverchair, Neon Ballroom (1999)

silverchair

Outra grande saudade dos 90”™s. Silverchair também já foi uma das minhas bandas favoritas da adolescência, até o Daniel Johns fazer um cd ~experimental~, a banda ficar uma droga e eles anunciarem o fim um hiatus por tempo indeterminado em 2011. Mas antes de tudo isso, os australianos fizeram muita música boa e deixaram de herança para seus fãs excelentes álbuns, como o “Neon Ballroom”, que levou a banda ao mainstream com hits como “Ana”™s Song” (que não era sobre nenhuma menina chamada Ana e sim sobre Anorexia) e “Miss You Love (que também não era nada romí¢ntica, e falava sobre como o vocalista se sentia mal pela falta de um amor).

Singles para você amar: Anthem For The Year 2000, Ana’s Song e Miss You Love.
í“timas surpresas: Paint Pastel Princess, Emotion Sickness e Do You Feel The Same?.

#10 Nirvana, Nevermind (1991)

nirvana

Porque falar de rock anos 90 e não citar Nirvana, é quase um crime -mesmo que seja clichê. “Nevermind” é outro álbum lindo, que dá vontade de enquadrar e botar na parede. E foi produzido pelo Butch Vig, baterista do Garbage. Uma obra prima <3.

Singles para você amar: Smells Like Teen Spirit, Come as You Are, In Bloom e Lithium.
í“timas surpresas: Polly, Drain You e Stay Away.

í‰ claro que, por serem só dez álbuns, muitos ficaram de fora como “The Fragile” do NIN, Ten do Pearl Jam e Dookie do Green Day. Mas fiquem a vontade para deixarem seus pitacos e sugestíµes nos comentários aí­ embaixo.

E para quem ama rock 90’s, tem essa mixtape joinha que eu fiz um tempinho atrás mas recheada de hits <3.

21 comentários em “Anos 90: 10 álbuns de rock para amar hoje e sempre”

  1. Caio the aipo às 00:21

    Lista foda só trocaria o Smashing pumpkins por Ten do Pearl jam, e a dicionário o Use you illusions(1 ou 2) do Guns, rs mas pelo visto vc não gosta muito de guns né ? Parece ser mais alternativa :3

    1. Victoria Siqueira às 22:08

      Não curto muito, não. Prefiro alternativo :D

  2. IsaSV às 08:10

    Trocaria fácil todos os albuns juntos da Alanis por uma única música do Pearl Jam!! TEN não poderia ter ficado de fora rsrs Tirando este detalhe, a lista está ótima! Só tenho uma ressalva: o auge do Red Hot Chilli Peppers no Disk MTV foi o Álbum Blood Sugar Sex Magic, com os Hits Give it Away e Under the Bridge. Bom… pelo menos na minha época hahah Bjão!

  3. rodrigo às 21:25

    Acho que o nome do post deveria ser ANOS 90 pra amar hoje e sempre, pq né ANOS 90 É TUDO <3

    haha :*

  4. Ciça às 08:03

    Me senti de volta aos tempos de faculdade, quando todos os artistas que você citou [moooito amor <3] eram companheiros diários! Indicações imperdíveis pra quem não viveu essa época linda e quer conhecer um pouco mais do início dessas bandas/cantores… Amei!

  5. Mariana às 23:59

    Adorei a Lista. Só tiraria o Hole. Ganhou 1000 pontos comigo só de ter colocado o Oasis. Tirando as chatices dele, acho o Noel Gallagher um compositor sensacional.

  6. Hellen às 18:12

    Concordo com quase todos, mas acho que no lugar do “Neon Ballroom” do Silverchair eu colocaria o “Freak Show” de 1997 ou mesmo o “Frogstop” de 1995, quando eles ainda eram ninfetinhos. Acho que marcaram muito mais que o Neon!

  7. Cinthya Araújo às 08:57

    Concordo plenamente com Garbage e Red Hot.. aprovadissimo!
    Beijos

  8. L às 20:36

    esse post ficou incrível!
    mas eu colocaria The Colour and the Shape como #1 (porque Everlong > vida), Nevermind no #2, e Ten no #3. (x
    a década de 90 foi mesmo muito boa, e eu tenho orgulho de, mesmo fedelha na época, ter sido bastante influenciada por bandas tão maravilinds (;

  9. Anninha às 22:35

    Que post MARAVILHOSO!
    Você conseguiu listar todas as bandas que eu amei e continuo amando dos anos 90! Que saudade imensa desse tempo! Além de todos esses, eu também amaaaava as Spice! ;p Sempre fui bem eclética. rsrs. Ainda hoje amo. Amo tudo que me lembra esse tempo, a simplicidade, a expectativa…tudo!
    Tô apaixonada! Amei!
    Ouvi muito todos, mas principalemente Garbage, No Doubt…aliás, se tu continuar listando, vou acabar colocando todos! kkkkk
    Parabéns pelo blog e pelo bom gosto! hahaha
    :**

  10. Vivian Loreti às 10:09

    Rá! Não tenho nem o que comentar senão "aperta o play e aumenta o volume!"
    Abri o post meio com "medo" do que ia encontrar… aí comecei a ver Garbage, Oasis, Hole, Nirvana, Alanis… acho que o único da lista que não curto mto é Silverchair, mas de resto, todos os álbuns são incríveis!

    Adorei :)

    Beijão

  11. Ryvos às 23:48

    Minha diva *-* Sabia que hoje mesmo eu e minha irmã estávamos "tirando do baú" os videoclipes da época em que as pessoas só assistiam as notícias musicais na MTV? Sendo mais direto, dos anos 90! :D Foi bom ler seu blog com esse post, estamos em sintonia HAHAHAH :D

    E sim, Alanis, No Doubt e outros não voltam mais como antigamente… :(

    Continua postando mais, hein? Estou animado para ler seus novos posts! o/ Te amo!

  12. Carol Mancini às 10:45

    Eu quebrei o CD de Jagged Little Pill de tanto que eu ouvi! O Californication chegou bem perto disso também hahaha… E na época CD era caro e na praia eu não tinha internet, era o álbum ou o álbum mesmo, ganhei de aniversário e de "dia das crianças" o da Alanis, no mesmo ano, porque eu ouvia sem parar! hahahahaha. O do No Doubt entrou na minha vida um pouco depois, Nirvana eu gosto porque foi onde eu aprendi a tocar violão… Agora, Hole? Nunca curti hahahahaha

  13. Thays às 16:47

    Oii Vic, baandas ótimas! Uhul o/
    Ah, sou Thayss, tentei entrar em contato contigo por email (12/06), mas não houve retorno :( acredito que você não tenha visto… Por isso enviarei novamente por aqui. No email dizia:

    "Oii Vic, tudo bem?

    Adoorei seu blog, achei lindo e super interessante!
    Bom, sou do Blog Chique (http://blogchique.com.br/) e escrevo sobre moda e tudo o que interessa à mulheres. Percebi que nós temos assuntos em comum e gostaria de fazer parceria com o seu blog *-* o que você acha? Podemos fazer troca de banners, que tal??

    Muitoo obrigada!
    Aguardo resposta, beijos!"

    ee era isso :) espero uma resposta, beijinhos!!!

  14. Cassy às 23:50

    Post muito ótimo! Pra mim faltou o American Thighs do Veruca Salt, Only Everything da Juliana Hatfield e Elastica do Elastica.

  15. Kelly às 17:58

    Adoro suas mix!

  16. Brisa às 15:44

    amei os albuns!!!senti falta de uma banda nacional só…mas a lista é genial :)

  17. Priscila @psouva às 11:35

    Faz um versão nacional?

  18. Paula às 16:54

    A gente tem um gosto músical mto parecido! Eu só trocaria o Silverchair (peguei birra com o tempo) por aquele album de capa azul do Offspring (ou talvez o anterior de capa preta com a caveira…. percebeu que eu sou boa pra lembrar nome de album né? rsrs)

    1. marina às 16:21

      Americana?

  19. Kisley às 23:30

    Amei tudo! E sou fã de todos esses albuns ate hoje!! Delicinha de post.

Deixe seu comentário!