12 “One Hit Wonders” dos anos 90 que você ama até hoje

postado em  •  30 comentários

Eu poderia enumerar os vários motivos que me fazem amar tanto os anos 90, mas um quesito que renderia várias destas enumerações certamente é o musical. Afinal, foi uma década maravilhosa que nos presenteou com bandas e cantores incrí­veis que nós amamos e acompanhamos até hojNÃO PERA.

ONE HIT WONDERS, MAIS CONHECIDO COMO AQUELA MíšSICA QUE VOCíŠ AMOU, AO MENOS, UM DIA

ONE HIT WONDER: EU SEI QUE VOCÊ JÁ AMOU MAS JAMAIS ESQUECEU DELAS

Todo mundo já foi vítima de algum cantor/banda que sofreu a maldição do “One Hit Wonder”, ou como ficou conhecido por aqui, o “artista de um sucesso só”. O artista tenta a qualquer custo emplacar um hit de novo, mas não adianta. Daí­, de duas, uma: ou ele passa a dedicar sua carreira a um público menor e fiel ou assume de vez o ostracismo e manda um “look at all the fucks I give” para a fama.

Por outro lado, esses hits únicos tem como característica ficarem tão marcados nas nossas memórias que mesmo anos depois, muitas vezes sem escutá-la com a mesma frequência, somos capazes de cantar com a mesma euforia daquele momento.

Para provar que você conhece e ama algumas dessas músicas até hoje, fiz uma seleção dos meus 12 “one hit wonder” favoritos dos anos 90 para compartilhar com vocês. Pega na minha mãozinha e vem comigo nessa viagem!

#12 Ultra, Say It Once

Eles tinham absolutamente tudo para bombar: eram bonitinhos, o vocalista principal era loiro com o cabelo tigelinha a la Nick Carter/Leonardo DiCaprio, faziam um pop chiclete o suficiente para deixar a música impregnada na sua cabeça por dias e ficar só no repeat na sua fita K7 com aquela mixtape marota que você gravava a partir das “7 Melhores da Jovem Pan”. Mas…

NÃO, QUERIDINHA!

NÃO, QUERIDINHA!

O Ultra aparece no blog pela segunda vez, praticamente pelo mesmo motivo. Na primeira ocasião, entrou na lista das boybands que um dia você amou mas esqueceu que um dia já colou pôsteres no quarto. Agora, reaparece por aqui com o único hit da sua carreira, para não dizer a única música que um dia, você ouviu dos caras.

#11 New Radicals, You Get What You Give

A banda, que na verdade era do membro-único-faz-tudo (embora no clipe apareçam vários) Gregg Alexander, lançou apenas um álbum em 1998, “Maybe You’ve Been Brainwashed Too”, que dividiu a crítica: enquanto alguns elogiavam o trabalho, cheio de influência aos anos 70, outros acharam ofensivo por conta das letras que criticavam a sociedade norte-americana. Um exemplo disso é a própria “You Get What You Give”, que insultou alguns dos principais ícones da década de 90 no trecho final: “Fashion shoots with Beck and Hanson/ Courtney Love and Marilyn Manson/ You’re all fakes run to your mansions/ Come around we’ll kick your ass in”.

Em 1999, Gregg cansou de dar entrevistas e fazer shows promocionais e jogou tudo para o alto após o lançamento do segundo single, “Someday We”™ll Know”, que embora você deva lembrar, não fez tanto sucesso quanto a primeira.

#10 Divinyls, I Touch Myself

Você pode não ter vivido ou até mesmo lembrar da época que esta música foi um hit absoluto, em 1990, mas certamente já ouviu no elevador, no consultório do dentista ou no fretado de manhã. Mas, apenas analise este trecho da música comigo e com estes gifs ilustrativos maravilhosos:

“I want you I don’t want anybody else”

E QUEM NÃO QUER NÉ, QUERIDINHO?

“E QUEM NÃO QUER NÉ, QUERIDINHO?”

“And when I think about you I touch myself”

GENTE? :O

“GENTE? :O”

“Ooh, ooh, oo, oo”

:O

:O

Então é isso. A música aparente fofinha e inocente na verdade faz parte do hall de hits proibidíµes dos anos 90 mas que todo mundo cantava e achava o máximo junto com “Don’t Wanna Short Dick Man”.

#09 – OMC, How Bizarre

O duo neo-zelandês devem ter sido professores do Ultra na arte do flop. Apenas um single de sucesso e jamais houveram notícias sobre outro hit deles, nem por onde andam, porque acabaram. Absolutamente nada.

#08 – Fastball, The Way

Se você fez parte da geração MTV e telespectador cativo do Disk nos áureos tempos da Sabrina Parlatore, provavelmente se lembrará desta música. E é só disso mesmo que você se lembrará, porque não teve nenhum hit depois e, embora o Wikipédia mostre 9 singles e álbuns até 2009, provavelmente boa parte da população sequer tem notí­cias da banda.

POR ONDE ANDA O FASTBALL? TÁ SUMIDO... UM BEIJO PRO FASTBALL!

POR ONDE ANDA O FASTBALL? TÁ SUMIDO… UM BEIJO PRO FASTBALL!

Caso você seja integrante do FC. da banda ou algo assim, por favor, deixe notí­cias nos comentários deste post. Ainda temos uma esperança que eles viraram uma banda ultra hipster e estão fazendo “garage gigs” em pequenas cidades do leste europeu.

#07 ”“ Natalie Imbruglia, Torn

Poderia ser suspeita para falar, porque “Torn” é uma das minhas músicas favoritas da vida, mas preciso confessar que né, Natalie, embora maravilhosa, faz parte da turma do flop dos anos 90.

O single seguinte, “Wishing I Was There”, até que fez um barulhinho, mas depois pouco se ouviu sobre a moça. Outros álbuns vieram depois, mas nenhum com a mesma força de “Left Of Middle”. Mas fica a dica: “Wrong Impression” de 2001, é incrível :D.

#06 – Chumbawamba, Tubthumping

Poderia tecer uma teoria gigante sobre a banda, sobre o destino dela etc, mas…

-Q?

-Q?

Pelo nome da banda e do single, dá para entender porque não decolou. Afinal, imagina ligar no rádio para pedir a música? “Oi, é da Transamérica? Queria ouvir Chuahashshdnddnnnsfbedbfbfnfs com a música tutuwnwbebrernrmabhwhhdndansnsxdrm”.

#05 Semisonic – Closing Time

É uma daquelas músicas que fez parte da sua adolescência e que você garra amor verdadeiro amor eterno por ela até os dias atuais. Assim como “Secret Smile” e “Singing In My Sleep”, que não fez tanto sucesso e é maravilhosaur. O Semisonic é quase um pré-indie, bem parecido com as bandas que nós amamos no começo da década de 2000 e juro que eu não entendo até hoje porque não decolou.

Saudade define.

#04 Joan Osbourne – One of Us

Sinto muito te desapontar, mas esta música não é e nunca foi da Sheryl Crow. E é tudo o que eu tenho a dizer sobre Joan Osbourne.

:~

:~~~~~~~~~~~~~

#03 Monaco, What do you want from me?

O Monaco foi um projeto paralelo do baixista do New Order, Peter Hook, e o cantor David Potts. O duo, que encerrou as atividades em 2000, lançou 2 álbuns, porém só hitou com a maravilhosa “What do you want from me?”. Diga-se de passagem, uma das minhas favoritas da década de 90 <3.

#02 – Sixpence None the Richer, Kiss Me

Embora a banda seja definida como “pop/rock cristão”, o single “Kiss Me” caiu nas graças de todos, alcançando o primeiro lugar nas paradas em todo mundo. A música entrou para a trilha do seriado “Dawson’s Creek” e dos filmes “Ela é Demais” e “Como Perder um Homem em 10 Dias”. E provavelmente fez parte da trilha sonora da sua vida com seus primeiros amores reais ou platônicos.

so... kiss me!

SO… KISS ME!

#01 – Lou Bega, Mambo 5

Lou Bega é quase uma versão noventista do PitBull, com direito a toda aquela latinidade cafona e clichê que os americanos adoram. Mas é claro que o hit era tão, mas tão chiclete que logo todo mundo enjoou e Lou Bega encontrou o ostracismo. Mas continua para sempre, em nossos corações.

Menção Honrosa: The Wonders, That Thing You Do

Essa entrou como menção honrosa, porque na real, não deveria nem fazer parte da lista já que o “The Wonders” nunca existiu. Quer dizer, mais ou menos: a música faz parte da trilha do filme “The Wonders – O Sonho Não Acabou” de 1996 que conta a história de uma banda dos anos 60 que, advinha: isso mesmo, só fez sucesso com uma música só!

E essa foi a minha seleção. Como foram só 12, faltaram muitas músicas e artistas de um hit só, então acabei priorizando as que mais me marcaram. Mas como sempre, fiquem a vontade para fazerem a contribuição de vocês nos comentários :D.

30 comentários em “12 “One Hit Wonders” dos anos 90 que você ama até hoje”

  1. Junior E. às 21:41

    Óhh! Um Sliten d’As Aventuras de Sarah Jane!

  2. Joice às 20:51

    Ah cara to amando muito esse blog, e tá dando muita saudade da minha infância / adolescência ahahahah

    Sabe, eu tenho gratidão eterna ao Ultra, pedi de presente de aniversário o CD deles, e ganhei esse aqui: http://upload.wikimedia.org/wikipedia/en/d/de/Dm_… daí curti MUITO o som desse CD e fui descobrir que Depeche Mode eram os mesmos caras que cantavam Enjoy The Silence, aí passei a ser muito fã do trabalho dos caras. E até hoje Ultra é meu CD preferido do Depeche Mode >.<

    1. Victoria Siqueira às 21:44

      Ai que linda! Eu sou mto nostálgica, então uso o log para compartilhar um pouco das saudades que eu tenho hahaha <3 <3

      Sério? Mas ainda bem que foi uma boa troca né? Depehe Mode é maravilhoso! <3 HAHAHA

      Beijo sua linda, volte sempre!

  3. @marinapastore às 22:21

    QUE POST SENSACIONAL. Serião. Valeu por ter me apresentado o Semisonic, na minha cabeça essa música era do The Verve (lembra, do Bittersweet Symphony? Estaria no meu top 10 anos 90 ctz). Nada a ver, eu sei, mas né, o cérebro preenche as lacunas como dá.
    E é incrível como todo mundo é meio esquisitinho, né, mesmo nessa época em que ser esquisito ainda não era cool <3 Até a Natalie Imbruglia, que sempre foi e sempre será diva.

  4. Arq. Taís Guzzon às 14:23

    É Chris, tu tem um gosto musical muuuuito bom mesmo!!! Mostrei esse post pra pessoa certa heim!!
    Muito boa a contribuição :DDD
    Me faz uma coletania e me da de pós formatura :DD

  5. Christian às 11:12

    Curti demais a lista, inclusive com os acréscimos no comentário da Danielle.
    A maioria dessas músicas, ouço com frequência ainda hoje em dia. Saudades dos anos 90.

    Minha participação:
    Mr. Jones – Counting Crows (que fez certo sucesso com Long December e mais recentemente com a ótima “accidentally in love”)
    Two princes – Spin Doctors (Tocou na Malhação, se não me engano. Aconselho “Little Miss Can't Be Wrong”)
    All for you – Sister Hazel (aconselho “Happy” e “One Love”)
    Follow you down – Gin Blossoms
    The Bad Touch – Bloodhound Gang
    Blue – Eiffel 65 (aconselho “Discovery Channel” e “Too Much Of Heaven”)
    Every Morning – Sugar Ray (música da virada 1999/2000; Aconselho “Someday”, “When it's over” e “Fly”
    I try – Macy Gray
    Truly Madly Deeply – Savage Garden (Para os românticos; Aconselho “I Knew I Loved You” e “Crash And Burn”)
    One Headlight – The Wallflowers (Aconselho “Heroes” e “6th Avenue Heartache”)
    All That She Wants – Ace Of Base (Aconselho “The Sign” e “Happy Nation”)
    When I Look Into Your Eyes – Firehouse (Aconselho “I Live My Life for You”)

    Menção honrosa:
    7 Seconds – Youssou N'Dour featuring Neneh Cherry (Relembrei dela há pouco tempo e é muito boa)

    1. Syndel às 22:20

      Arrasou na playlist! Explosão de nostalgia!

  6. Arq. Taís Guzzon às 22:35

    Nossa, descobri hoje o blog e ja estou amando!!
    Como é bom ouvir essas musicas e recordar, juro que estava bem pra baixo e isso me deu um up, ja estou providenciando baixar todas as musicas, pois muitas nem me lembrava mais e outra não sabia o nome.
    As musicas que a Danielle mencionou PERFEITAS tbm!!
    Parabéns pelo blog!

  7. Mariana Watanabe às 21:45

    Ai, quanto amor em um só post <3

    Me lembro até hoje do meu choque quando descobri que The Wonders nem existia.

  8. Danielle às 20:16

    SANTERIA – Sublime
    Obrigada pelo Post! tenho sua idade e sou muito saudosista, pra não dizer nostáugica…rsrs

    Minha contribuição:
    Runaway Train – Soul Asylum
    What's Up – 4 Non Blondes
    Never there – Cake
    SEMI-CHARMED LIFE – Third Eye Blind
    Sing – Travis
    Nothing Compares 2U – Sinéad O'Connor
    Don't Speak – No Doubt (tá, não tem um hit só mas essa!<3…)
    La Passion – Gigi D'Agostino (também tem mais hits, mas essa…<3

  9. Maria às 16:55

    <3 <3 <3 <3 <3 ;)

  10. Geo às 14:56

    Encontrei esse blog por acaso e simplesmente amei esse post!
    Eu escuto One of us desde pequena e sempre soube que era da Joan… é uma pena ela não ser reconhecida.
    É tão bom viajar no tempo, saudades…

  11. amanda r. às 14:44

    faltou meredith brooks com bitch ;)

  12. littlemaribr às 13:42

    Vou ter q ouvir esses videos todos pq nessa época eu nunca conhecia o artista e o nome da musica (até hj me surpreendo falando "nooossa, então é essa musica q o fulano q eu achava q não conhecia canta?"). sendo q pra one hit wonder é ainda pior

  13. Isabella Rabello às 12:56

    Emocionada…..

  14. Hevelyn às 11:14

    MUITOOOOO BOOOOM! Da lista eu só não conhecia uma música, a posição 12, mas o resto eu ouvi até falar "Chega".

  15. Tayrine às 18:06

    Amo The way, amo closing time, torn, kiss me, Tubthumping e amo muito muito muito new radicals. =)

  16. Isabele de Paula às 11:31

    Eu entrei e fiquei em estado de choque quando meu noivo me contou que The Wonders é uma banda fictícia e que Don Corleone também nunca existiu. Aliás, essa do Godfather me deixou deprimida por longa data..

  17. @watafake às 01:00

    Muito boa a lista, mas faltou Macarena!

  18. Luiza às 20:06

    Gente, escorreu uma lágrima aqui… voltei no tempo, que saudade!

    Conheço tooooodas e provavelmente não lembraria de algumas se não fosse pela lista. Cantei Ultra, Say It Once inteira, tipo "como assim eu lembro da letra?" hahahaha Amava muito Semisonic!

    Vic, obrigada por proporcionar esses momentos deliciosos de nostalgia ;))

  19. CDB às 17:16

    Nossa que legal! Matei saudade de algumas agora e descobri o nome de outras que ouvia na rádio. kkk

  20. Narda às 14:36

    Eu adorava todas essas músicas!
    Acho que só a Mambo Number 5 que eu achava mais divertida, do que legal, na verdade.
    Até hoje me pega cantando The Way, do Fastball rs
    De resto, amava todas. Até o Ultra, que tenho o cd kkkkkkkkk e é ótimo! O do Semisonic também.
    Fica a dica: o White Lilies Island, cd da Natalie Imbruglia que tem Wrong Impression, é um cd maravilhosourrrrrr que vale muito a pena ser baixado. BEM melhor que o primeiro cd dela.

    1. Débora às 09:41

      Eu já estava convencida de que eu era a única pessoa no mundo que tinha o CD do Ultra, porque nenhuma amiga sequer ouviu falar da banda. kkkk.. Agora me diz uma coisa: você não lembra deles quando escuta "Fireflies" do Owl City? Acho o estilo muito parecido com o Ultra (menos com "Say it once" que tem esse violão meio ~latino~).

  21. Giorgia às 12:34

    Cara, tinha a música do Blur – Song 2.. mas tipo, como sou muito desinformada, não sei se eles fizeram outros sucessos. Só sei que tocava direto quando eu ia no Playcenter HAHAHAH #nostalgiadeprimente Sdds daquele tempo <3
    http://www.youtube.com/watch?v=SSbBvKaM6sk

    1. Christian às 11:23

      Song 2 é clássica!!
      Provavelmente a única conhecida deles, além dessa, é Coffee & Tv :)

  22. Grazielle às 11:23

    Faltou Counting Crows – Mr. Jones!!!!!

  23. Kah às 10:28

    Acompanho o blog mas nunca comentei, a questão é que esse post não podia passar batido! kkk
    Amo Tubthumping, Torn e Kiss me!
    Não conhecia mas curti Closing time.
    E essa do The Wonders é daquelas que ninguém lembra da música, ninguém conhece – por nome. Daí começa a tocar e todos sabem cantar!
    E poxa vida! Não fala assim do New Radicals!! Amoooo demais e tenho esse bendito único álbum desde o mês que foi lançado. kkk Posso ser uma das únicas pessoas do mundo, mas escuto MUITO!

    1. Ren às 23:56

      tb achei injusto o New Radicals. hahahhahaa. Eu tinha aquele disco tb e ele é todo ótimo!

  24. Natalie Furlan às 08:12

    Lista perfeita <3

  25. Marlon Christian às 02:50

    Ok, One of US foi PRA MATAR, sério…não se faz uma coisa dessa a essa hora da madruga, bora dormir deprimido/nostálgico </3

Deixe seu comentário!