14 coisas para ser e fazer em 2014

postado em  •  4 comentários

Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Para ler todas as blogagens coletivas do Rotaroots, clique aqui. E para saber como participar, faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.

Todo ano é a mesma coisa: o final do ano vem com aquela lista interminável de coisas a serem realizados no ano que se iniciará ”“ou quase isso. No final de 2013, vi uma enxurrada de amigos se posicionando contra simpatias, mandingas, listas e promessas para o ano novo, com a justifica de que apenas o ano mudanmas você não. Mas eu particularmente, não acho que as coisas funcionem assim.

lista-2014

Ok, admito que sou dessas que fazem listas e mais listas de metas, mas que quase sempre acabo procrastinando durante 365 dias e deixando para o ano que vem. Por outro lado, gosto dessa ideia de ano novo e de ser um marco para uma renovação. De sonhos, de metas, de objetivos para serem cumpridos.

Embora entre oficialmente no meu “retorno de Saturno”, prometi para eu mesma í s 0h do dia 01/01 que eu faria desse perí­odo o melhor ano da minha vida e com direito a mudanças sim, mas de hábitos, de atitudes ”“começando em cumprir minhas promessas de ano novo.

O Rotaroots, aquele grupo de blogs oldschool super legal que eu já falei aqui, propí´s para a primeira blogagem coletiva do ano contarmos sobre nossos 14 desejos para 2014. A ideia é que a gente compartilhe agora e no final do ano, voltar para falar o que nós cumprimos de fato. Será que eu consigo? Vamos para minhas metas!

#01 Ser mais organizada

Sempre fui uma pessoa desorganizada, mas, por outro lado, sempre tive meus TOCs de organização. Por exemplo: no meu guarda-roupa, está tudo por ordem de cor (inclusive, degradê!!!!!111) e por tipo de peça e até mesmo, tecido (jaqueta de couro >> jaqueta jeans). E se quer me ver puta da vida, é trocar minhas coisas de lugar ou colocar no lugar errado, insira aqui um “né mãe?”.

organizacao-lontra

Nesse último ano, por conta da reforma/troca de móveis do meu quarto e do home-office, fui picada pelo bichinho da organização. Embora não esteja ainda tudo digno de um virginiano, ver a decoração do jeito que eu queria dá toda uma vontade de manter as coisas sempre em seus devidos lugares (e aquele incí´modo quando está bagunçado). Além disso, essa reforma me forçou a desapegar de muita tranqueira que eu acumulava e organizar o que restou de uma maneira melhor.

Meu desafio em 2014 é conseguir manter essa nova organização e levar para outros pontos da minha vida como trabalho, dinheiro, etc.

Para ler (e me inspirar): “52 Dicas de organização meticulosas para pessoas com TOC” do Buzzfeed (sério, esse post tem idéias incrí­veis!) e o blog Vida Organizada inteiro.

#02 Viajar

Essa é uma das metas que eu venho protelando há alguns anos. A última grande viagem que eu fiz foi para Londres em 2010. Nos anos seguintes, fiz pequenas viagens dentro de SP e o mais longe que eu fui foi uma viagem a trabalho para uma reserva natural no Paraná. Neste ano quero viajar mais com meus amigos, visitar pessoas queridas em outros estados (alí´ Rio e Curitiba!) e principalmente tirar do papel meu desejo de ir para a Europa de novo e quem sabe, fechar o ano em Vegasney, bitch!

Para ler e me inspirar: os blogs Spicy Vanilla e Sundaycooks.

#03 Ser mais saudável

Não tenho problemas em ter uma alimentação saudável. Parei de tomar refrigerante há 3 anos (uma promessa de ano novo cumprida com louvor eee!), evito o consumo de fritura desde que eu tive hepatite medicamentosa 6 anos atrás, não sou muito chegada a carne vermelha (aliás, já fui vegetariana, mas voltei a comer carne branca :~), comer salada não é um inferno (pelo contrário) e adoro coisas integrais e cheias de grãos que me fazem mastigar. Isso sem que nos últimos tempos tenho evitado o consumo de glúten e lactose por conta das alergias e me ajudou muito a adotar mais hábitos saudáveis em 2013.

anigif_enhanced-buzz-12803-1389215703-31

Apesar de todas estas restriçíµes, ainda mantenho 2 maus hábitos que eu pretendo reduzir drasticamente em 2014: o consumo de álcool e, principalmente, o de doces. Sou uma formiga, dessas que não pode ficar sem doce que já fica irritada. Acontece é que o fato de comer doces, além de atrapalhar todo meu desempenho na dieta, tenho tendência a ser diabética por conta da herança genética. Depois de muito enrolar, chegou a hora de redobrar meus cuidados com isso antes que seja tarde demais.

EUZINHA ME CONTROLANDO COM DOCES

EUZINHA ME CONTROLANDO COM DOCES

Nos últimos tempos, tenho experimentado opçíµes de doces sem açúcar (inclusive, sem nenhum tipo de adoçante) e adorado ”“o problema ainda está em resistir a troca de um brigadeiro roots por doce de alfarroba (uma espécie de chocolate sem cacau, sem lactose, sem glúten e sem açúcar mas eu juro que é uma delí­cia!).

Já o de álcool, embora não seja uma bêbada louca, não tenho reagido bem no dia seguinte. Sabe como é né, a idade chega para todos! HAHAHA

Para ler e me inspirar: Pensando Magro e Mude.Me

#04 Mais foco e mais tempo

Uma das minhas grandes queixas comigo mesma foi minha falta de foco em 2013. Não sei se era o cansaço ou o grande número de coisas para fazer ao longo da semana como trabalho, pós, blog e outros projetos paralelos, mas a verdade é que chegou num ponto que eu não conseguia me manter focada nesse e em outras coisas que eu estava fazendo ou queria fazer, como academia, que eu dei uma relaxada no final do ano.

A consequência de conseguir estar mais focada é também a de ganhar mais tempo no meu dia-a-dia. Já estou testando algumas técnicas de produtividade, tanto para a meta do foco quanto para a de mais tempo livre. Por indicação de amigos, estou testando o método Pomodoro. Juro que se funcionar mesmo, venho aqui contar para vocês sobre minha experiência :p

#05 Praticar algum esporte

Até metade da adolescência, poderia me considerar uma pessoa bem ativa. Dos meus 6 aos 14 anos, sempre pratiquei algum esporte: comecei com o ballet, passei para a natação e acabei no ví´lei, isso sem falar nos passeios de patins e bicicleta aos finais de semana. Por algum motivo que eu não vou lembrar (se é que teve algum motivo), parei de praticar qualquer outro esporte com uma certa disciplina.

dog_exercise

Embora esteja fazendo aerobico desde o ano passado, quero voltar a praticar algum esporte, tanto que me ajude a emagrecer + melhorar meu condicionamento fí­sico como usar como uma válvula de escape para o estresse do dia-a-dia. Estou tendendo mais para a corrida ou até mesmo, voltar para o ballet tantos anos depois.

Para ler e me inspirar: Corre Mulherada

#06 Fazer uma tatuagem

Outra meta procrastinada desde que eu fiz 18 anos. Durante muitos anos quis me sentir segura para rabiscar, e acho que agora é realmente a hora. A meta é fazer no dia do meu aniversário deste ano, 03/12. Será que eu cumprirei? Vamos acompanhar!

#07 Conhecer pessoas diferentes (mesmo!)

Nunca tive amigos de infí¢ncia nem de escola. Tenho um ou outro amigo de adolescência que continua sendo meu conhecido e, com exceção dos amigos que eu fiz indiretamente nos tempos de Metodista (leia-se fui adotada pela turma da sala do meu melhor amigo), a maioria dos meus amigos hoje conheci através da Internet ou por conta da área que eu trabalho. Ter amigos assim por um lado é legal, mas por um lado é ruim. Se eles entendem todas as angústias, alegrias e memes que você fala, por outro lado é como viver numa bolha vendo exatamente tudo do mesmo jeito que você conhece.

Embora não me queixe dos meus amigos, que são ótimos e estão do meu lado pro que der e vier, confesso que conhecer pessoas totalmente diferentes de mim e do mundo que eu estava acostumada a ver em 2013 foi renovador e encantador. í‰ bom ver como a grama do quintal do vizinho é tão bonita quanto a nossa! :D

#06 Me importar menos

Essa meta eu já compartilhei neste post aqui. Eu e pelo menos 90% da população mundial sofremos do mesmo mal: ligar demais para o que os outros pensam ou vão pensar sobre absolutamente tudo. Isso, somado ao meu perfeccionismo, faz com que eu me sinta presa, engolindo alguns sapos e ás vezes deixando de lado algumas coisas para não brigar.

131643017464

Nos últimos 2 anos, tenho melhorado consideravelmente isso, mas sinto que ainda tenho um longo caminho para ligar de vez o foda-se ao invés de deixá-lo em stand-by o tempo todo. Inclusive, acho que todo mundo deveria fazer isso também.

Para ler e me inspirar: “64 conselhos realmente úteis que ninguém te dá” e “Guia Completo para Tacar o Foda-se”.

#09 Ler mais

Posso fazer uma confissão vergonhosa? Tem uns 2 anos que eu não pego para ler nenhum livro que não seja técnico ou relacionado aos temas da pós. Terrí­vel né? Eu sei. E vergonhoso. Como ainda estou terminando a pós e tenho outras coisas em paralelo para fazer, me prontifiquei a ler pelo menos 1 livro por mês ”“e prometo contar dele aqui no final de cada mês.

Pouco para a maioria dos meus amigos que são verdadeiros devoradores de livros, mas um grande passo para uma pessoa que perdeu completamente este maravilhoso hábito :B

#10 Menos consumista (e mais consciente!)

Em 2013, fui sem dúvidas extremamente consumista. E confesso o motivo: compras internacionais. Difí­cil resistir í  Asos, ao Amazon e as tranqueiras maravilhosas da China powered by eBay e Ali Express. Aliás, tem alguém que resista?

Meu grande desafio este ano é comprar menos e melhor, tanto para não ficar com um trilhão de coisas amontoadas em casa, quanto economizar.

#11 Conhecer novos sons

Meu gosto musical parou no meio da década passada e minha banda favorita acabou no Killers. As coisas mais recentes que eu ouvi e me apaixonei a ponto de comprar CDs e torcer por shows no Brasil foi o Hurts em 2010 e o Imagine Dragons no ano passado. Quase tudo que eu escuto hoje são coisas dos anos 80, 90 e a primeira metade de 2000. O que por um lado é ótimo, porque foram décadas de músicas e artistas incrí­veis e que influenciaram outra geração de artistas, mas por outro lado, me sinto estagnada e alienada, principalmente porque vivo cercada de amigos apaixonados por música e quase “cool hunting” de novos artistas.

Portanto, se você conhece uma banda ou cantor(a) super legal que você acha que eu preciso conhecer, bota aí­ nos comentários e faça esta blogueira feliz <3.

#12 Viver de maneira mais simples

Não quero saber de preocupaçíµes, de estresses, de cobranças, de pressíµes, de climíµes, enfim, de nada disso. Quero apenas viver de uma maneira tranquila e de boas. Está permitido né?

#13 Fazer algo diferente de tudo o que eu já fiz

Há um bom tempo tenho sentido vontade de fazer um curso ou arrumar alguma ocupação diferente de tudo que eu já fiz. Ando numa fase muito musical e o desejo de curar uma das minhas frustraçíµes de adolescente fazendo aula de guitarra ou retomar as de canto (sim, eu fiz! HAHAHA) tem falado alto.

#14 Blogar mais!

Sim! Promessa de ano novo procrastinada e praticamente, de todo mês. Por conta do trabalho, pós e das coisas da minha vida (eu mereço um descanso também, né?), o blog andou nos últimos tempos em segundo plano. Pior é que muitas vezes eu sentia vontade de escrever por aqui, mas além do fato de achar que os posts não estavam bons o suficiente, faltava motivação. Confesso que em alguns momentos achei que tivesse desaprendido a escrever e quase fechei o blog para sempre. Ainda bem que eu não fiz isso né?

Para que eu possa cumprir essa meta, organizei até um cronograma com ideias e dias para postar -e como vocês devem ter notado, tem dado certo. Espero que eu consiga manter o ritmo, pelo menos na medida do possí­vel ;)

tumblr_myq5xqjMuf1sq7h1ro1_500

E você, tem alguma meta parecida com a minha? Qual sua maior meta para 2014? Conta aí­ nos comentários <3

4 comentários em “14 coisas para ser e fazer em 2014”

  1. Vanessa Nunez às 14:31

    Daí eu parei de ler porque vi que você gosta de The Killers *–*
    Ai sim moça, adoro essa banda: realmente adooro ♥
    E aliais, sim, seu post é útil e acho que a maioria pensa assim, o problema é colocar tudo na prática. kkk
    Porém estou desde já tentando gastar menos.. Na verdade gastar apenas com o que realmente é interessante :)

  2. Duds às 15:11

    Aplaudi de pé o primeiro gif HAHAHAHAHAHA E as indicações também <3
    Tô super torcendo pelas suas resoluções, Vic, espero que o ano seja mesmo o melhor das nossas vidas!

  3. Natalie às 07:04

    Ahhhhhh quase cai da cadeira quando vi a sua indicação para o Sunday ;)

    Vou ficar muito feliz em ajudar a planejar as suas próximas viagens :P

    Conte comigo, linda! <3

  4. Loma às 01:29

    Sua lista está maravilhosa! Um pouco a ver com a minha, VMS juntar tudo e fazer de 2014 um ano inesquecível né? To aqui torcendo pra q vc consiga realizar todas as metas principalmente vegasney hehehe

Deixe seu comentário!