Giro da Blogosfera #13

postado em  •  10 comentários

flamingo-giro

O blog voltou, as publicações voltaram (ainda que em marcha lenta, mas calma que vai galera! HAHAHA), mas 1 coisa estava faltando. E ela voltou, com cara nova e girando mais do que catraca de ônibus sentido Centro em horário de pico. Sim, o Giro da Blogosfera está de volta, para ficar, com direito a um lindíssimo flamingo girando freneticamente e exibindo toda sua fabulosidade em homenagem aos links mais legais da semana.

A seleção desta semana tem uma porção caprichada de posts excelentes de comportamento, relacionamento e feminismo, inspirações para mudar o cabelo nosso de cada dia e uma receita docinha, delícia e saudável que eu pretendo adaptar para uma versão sem leite muito em breve.

giro13

1. Do Superela – “Closer” é um dos meus filmes favoritos da vida todinha e cada vez eu assisto, saio com uma percepção diferente sobre os personagens e da reflexão do filme como um todo. O Daniel analisou 4 frases do filme e fez um paralelo sobre os relacionamentos da vida real.

2. Do Girls With Style – Vira e mexe faço um post sobre comportamento e auto-estima aqui no blog porque é algo que eu venho trabalhando dentro de mim há anos (expliquei melhor no post do #stopthebeautymadness), e sempre tenho vontade de abraçar quem escreve posts incríveis como este. Toma meu abraço, Polly.

3. Do F-utilidades – Ainda sobre o assunto abordado no GWS, quando instalei o jogo da Kim no celular, achei tudo muito divertido, com exceção dos dates que eu marcava com os boys que detonavam o visual da minha personagem em qualquer ocasião, por mais que ela “se arrumasse”. E sabemos que, infelizmente, isso não acontece apenas no jogo. A Carla também teve essa mesma sensação e fez uma reflexão sobre os boys detonadores de auto-estima. E fica um conselho: miga, você não merece alguém que não te aceite como é.

4. Do Depois dos Quinze – No meio do ~~~~modismo~~~ (o que eu acho, particularmente ótimo!) e MUITO achismo (o que não é nada bom) em torno do feminismo, é muito bacana ver blogs grandes e direcionados ao público jovem falando sobre isso, desmistificando preconceitos e visões turvas sobre o assunto. A lindeza da Gabi fez um post ultra bacana introduzindo o assunto e vai fazer uma série sobre. Para acompanhar!

5. Do Beautiful Mess - 2015 batendo na porta, chegou a hora de pensar em uma agenda não só para organizar a vida, mas lembrar daquilo que interessa -inclusive nos momentos mais complicados. Essa ideia do”Beautiful Mess é, além de bem criativa e fácil, uma forma de mostrar que a vida também pode ser boa apesar de todos os perrengues. Já pode copiar? <3 (em inglês)

6. Do Fashionismo - AMO/SOU tranças e acho que só não ganha do coque no quesito ‘penteado favorito para todos os momentos, do trabalho à festa de gala’. A The fez uma seleção de 15 penteados usando trança totalmente copiáveis e fáceis de reproduzir em casa. Inspiração para aquele programa de última hora ou para mudar a cara no dia-a-dia sem tomar muito tempo.

7. Da Paula Abrahão - Quando vi essa receita de Crumble de Ameixa com Amêndoas da Paulinha, pensei logo em uma adaptação sem leite, substituindo a manteiga por azeite frutado, óleo de coco ou margarina. Vou tentar fazer e se der certo, conto pra vocês!

Se eu pudesse mudar o significado de ‘musa’ no dicionário, certamente colocaria como sinônimo Gwen Stefani. Eu apenas não sei lidar com a maravilhosidade que é esta mulher. Ela canta, tem uma banda incrível, soube se reinventar solo, é casada com outro muso, tem filhos lindos, sabe usar melhor que ninguém o combo batom vermelho e delineador before it was cool e de quebra, faz músicas ótimas. Quando eu crescer, quero ser Gwen <3.

Viu um link legal e quer compartilhar comigo? Sugere nos comentários ou no grupo do blog no Facebook! :)

Mixtape #51 – Let’s Take a Ride

postado em  •  15 comentários

mixtape51

Quem por aí já tava achando que eu ia deixar o blog de lado de novo? Pois é, quem achou isso errou feio, errou rude. Apesar da correria nos últimos dias, o cansaço e as trilhares de coisas que eu andei fazendo no meu tempo livre (exceto descansar e cuidar do blog! HAHAHA), consegui dar uma escapadela da v1d4 l0k4 para não só vir atualizar o blog mas também botar no ar a Mixtape que embalará esta quinzena.

O tema dessa vez é inspirado não só no recesso de final de ano que está chegando (eeeeeeee!), mas também no feriado prolongado no final desta semana. A Cinthya sugeriu aqui nos comentários, eu já estava querendo fazer algum tempo e calhou nesse período esquenta-verão-partiu-estrada, com músicas para embalar curtas, médias e longas viagens ao lado dos migos!

mixtape51lista Para guardar esta Mixtape e levar para onde quer que você vá, clique aqui para baixar ou ouça a seleção em seu Spotify. Para ouvir todas as Mixtapes que já passaram por aqui, clique aqui. Quer sugerir um tema? É só falar nos comentários ou contar para mim lá no grupo do blog no Facebook.

Para Ouvir: Kiesza

postado em  •  5 comentários

kiezsa

Tem um bom tempo que eu ando com preguiça do mundo pop e acredito que para muitos de vocês, o sentimento seja o mesmo: parece que todo mundo segue a mesma fórmula e segue a risca. Daí alguém inova, bomba e o que era novo vira carne de vaca. Não consigo ouvir nenhuma dessas músicas de hoje e sentir que daqui 5, 10 anos ouvirei com o mesmo sentimento de nostalgia que eu tenho quando escuto Backstreet Boys, Spice ou Britney das antigas, por exemplo.

Outro dia estava pensando sobre o revival dos anos 90 e no tanto de coisas que ele tem trazido de volta para nossas vidas 20 anos depois -só olhar as últimas tendências de moda para ver que boa parte das “novidades” são na verdade, uma releitura do que a gente já viu em algum momento. E apesar do revival do grunge e da pegada pop-Mariah da mini Mariah Ariana Grande na música, estava faltando um toque mais dance de algo que a gente pudesse identificar facilmente estas referências.

Bem, faltava. Não falta mais. E o nome da responsável por isso atende pelo nome de Kiesza. Se você nunca ouviu, faça este favor a si mesmo e dê um play aqui embaixo:


Kiesza é canadense e tem 25 anos, ou seja, é filha dos anos 90 e gente como a gente, que viveu essa época. Uma prova disso é o visual da moça, cheio de referência à moda noventista, com suspensórios, jeans e peças esportivas (beijão Mel C!). A outra prova é musicalmente: impossível não ouvir qualquer música da moça e não lembrar dos hits da Euro Dance e do pop da primeira parte da década de 90 -ouça “All Around The World” da Lisa Stansfield + “Deeper and Deepper” da Madonna e tire suas próprias conclusões.

Manda mais referência aos anos 90 que tá poco? Então tá. Não bastava ser maravilhosa, cantar bem, ter estilo, tirar foto com mozão Brandon Flowers e fazer músicas recheadas de influências desta década mágica: tem que fazer uma versão ~samba-enredo~ para o clássico emblemâtico da dance music “What Is Love” do Haddaway.


Gostou? Não deixe de ouvir o debut da moça, “Sound Of a Woman” na Deezer ou no Spotify. Além de “Hideway” e “What Is Love”, recomendo fortemente “No Enemiesz”, “Vietnam”, “Gigant In My Heart” e “The Love” <3.