blog

10 motivos para sentir saudades da blogosfera moleque

postado em  •  30 comentários

Eu sou uma grande entusiastas dos blogs e acho que isso se deve ao fato de eu ter um desde os primórdios da Internet, em 2002. Da época que Internet banda larga era luxo e que eu tinha que me conectar escondido da minha mãe, para atualizar meu primeiro blog no Blig, um dos primeiros servidores gratuitos da plataforma, e desligar assim que ela pegasse o telefone e ouvisse o chiado caracterí­stico das conexíµes discadas. Isso sem falar nas aulas de educação fí­sica cabuladas para ficar na biblioteca do colégio atualizando meu blog com desabafos, situaçíµes engraçadas e muitos, mas muitos gifs piscantes com mensagens ”“isso antes mesmo dos scraps do Orkut.

blogroots

Os anos passaram, o estilo mudou mas a paixão continua aqui. Nesses quase 12 anos blogando, mudei algumas vezes de endereço, tirei alguns breves perí­odos sabáticos, outras tantas de roupa e raras vezes de estilo -a última, vocês já sabem, me arrependi amargamente e nunca tive vergonha de admitir isso. Mas eu sou o tipo de pessoa que além de nostálgica, mantenho um certo orgulho do meu passado e confesso que gosto de relembrar as coisas legais que marcaram um perí­odo bom da minha vida.

Prova disso foi o que aconteceu no sábado passado. Resolvi aproveitar o dia livre para dar uma organizada no blog que estava í s moscas, trocando algumas coisas do design e corrigindo alguns bugs. Foi na busca incansável pela correção de um erro que eu me dei conta do quanto os antigos fóruns blogueiros eram importantes e o quanto eles faziam falta nessas horas -sempre tinha alguém disposto a ajudar outro amigo blogueiro. Resolvi abrir um status disso no meu Facebook e BOOOOOOOOOM: vários amigos da blogosfera old-school começaram a desenterrar várias coisas que faziam de nós blogueiros mais felizes.

Foi a partir dessa conversa que surgiu a ideia deste post que faz parte de uma blogagem coletiva com vários outros lindos sobre a blogosfera platinum-gold e nossos greatest hits. Spoiler: este post te levará de volta para o ano de 2005 e eu serei sua guia. Pega na minha mão, feche os olhos, dê o play e vem comigo:


#01 ”“ Os posts eram mais livres

blogueiromoleque2

Nicho não era um problema -ninguém se sentia pressionado, mesmo que indiretamente, a nichar o blog. Os blogs moleques levavam a sério mesmo a denominação de serem “diários virtuais” e ninguém se esquivava de falar sobre como tinha sido o dia na escola/faculdade/trabalho, sobre o namorado, sobre o pé na bunda, sobre o que fez no final de semana. Em resumo: todos os check-ins que hoje damos no Foursquare, as mágoas do Facebook ou as indiretas no Twitter, tudo era motivo para um post. Se é que a gente precisava de algum motivo especial para isso.

Continue lendo →

O dia em que o Borboletando virou batom :D

postado em  •  19 comentários

Hoje é um dia difí­cil na vida dos meus inimigos (calma cara, é brinks!!!111) porque é o dia da realização de algo muito legal e que nunca na minha vidinha achei que fosse realizar. E é claro que eu precisava dividir este momento com vocês, leitoras e leitores do Borboletando, que me acompanham desde o comecinho do blog em 2006 até os mais novos!

tracta_borboletando_1

Há alguns meses, a Tracta me convidou para assinar um dos batons do projeto “Tracta Blogs III” e confesso que fiquei bem surpresa com o convite. Embora beleza seja um dos assuntos do blog, está longe de ser um dos assuntos principais. Por outro lado, quem me conhece na vida real, sabe da minha quase obsessão por batons e do quanto eu amo comprar e usar cores novas (sério, deve só perder para CDs no quesito coleçíµes! HAHAHA). Ou seja: fiquei muito feliz em representar uma categoria não muito óbvia no Tracta Blogs e também, ter a oportunidade de me juntar com grandes divas como Gaga e Nicki Minaj e de assinar meu próprio batom, com uma cor que eu sempre quis ter! HAHAHA :D

NíƒO SEI FAZER EGOSHOTS, MAS MEU BATOM Tí LINDO!

NíƒO SEI FAZER EGOSHOTS, MAS MEU BATOM Tí LINDO!

Durante o processo criativo, a primeira coisa que passou pela minha cabeça foi fazer algo realmente diferente de tudo que eu já tinha ou já tivesse visto em algum momento da minha vida. Na minha cabeça, o batom perfeito deveria ser uma cor que fosse difí­cil de ser decifrada: um vinho que na verdade é meio arroxeado, mas que na real ele é um magenta, mas sem ser magenta. Sei que parece confuso, mas a ideia era ser uma cor hí­brida e totalmente diferente, e que fosse chique e cool, e que pudesse ser usado em qualquer época do ano, por todas as peles e cores de cabelo.

COMPARAÇíO DO BATOM BORBOLETANDO E AS CORES QUE EU USEI COMO PONTO DE PARTIDA

COMPARAÇíO DO BATOM BORBOLETANDO E AS CORES QUE EU USEI COMO PONTO DE PARTIDA

O ponto de partida para a cor foi uma mistura do Rebel com o Rare Exotic, ambos da MAC. Embora o Rebel seja o magenta perfeito para boa parte das minhas amigas, na minha boca ele insistia em ficar super roxo e por isso, tinha o costume de dar uma equilibrada com o pink-sucesso Rare Exotic. Na hora de criar a cor, pedi para as meninas da Tracta colocarem um pouco de vinho na mistura e ualá: a cor dos meus sonhos estava ali, diante dos meus olhos <3.

A pigmentação é uma coisa de louco: com 1 camada, ele já fica na cor perfeita, sem muitos esforços. Além disso, a durabilidade é bem boa, mesmo sendo um batom cremoso. Outra coisa legal do batom é que ele muda de cor de acordo com a luz. Em ambientes mais fechados ou luzes mais escuras, ele vai puxar mais para o vinho. Já na luz do sol, ele fica entre o vermelho e o magenta. í‰ quase um mutante, Brasil!

ALGUMAS DAS VEZES QUE EU USEI O BATOM NAS íšLTIMAS SEMANAS (OU QUASE TDS O DIAS HIHIHI <3)

EUZINHA SEM FILTRO EM VíRIOS MOMENTOS DAS íšLTIMAS SEMANAS

Agora vem a parte mais legal: o batom já está í  venda, apenas na loja virtual da Tracta \o/. Para comprar o seu, clique aqui ou no maravilhoso gif biográfico que eu preparei especialmente para esta ocasião hihihihi

batomborboletando

E quem comprar, por favor, tira foto, posta no Instagram e me marca (@borboletando) porque quero saber o que acharam e depois transformar as lindas todas em um post aqui do blog. Ou vem aqui nos comentários contar o que achou. Tí´ muito curiosa e ansiosa para saber a opinião de vocês! <3

Sorteio: DVD Girls + Newsroom

postado em  •  2 comentários

Eu sumo, desapareço, mas jamais esqueço de vocês. E tem um tempinho que não preparo uma surpresa para os leitores mais lindos, queridos e compreensivos da blogosfera! HAHAHA :D

"MíNIMO QUE A GENTE MERECE, VIC"

“MíNIMO QUE A GENTE MERECE, VIC”

A Warner HBO Séries liberou para os leitores mais lindos da interwebs um kit contendo os DVDs das séries Girls + Newsroom para sortear entre os leitores do blog. Para concorrer é simples, prático e indolor.

Regras:
– Curtir a página do blog no ~~~Feice~~~ Facebook
– Preencher o formulário aqui embaixo:

O resultado será publicado neste mesmo post no dia 09 (sexta que vem). Boa sorte, gente! <3

O ato de Borboletar

postado em  •  21 comentários

Parece que foi ontem, mas o Borboletando completou 6 anos de existência. A maior parte dos leitores atuais não acompanharam toda a trajetória do blog, não tenho todo o passado dele registrado aqui porque apaguei os registros mais pessoais em momentos de fúria. Mas uma das coisas mais bacanas é quando alguém que viu o blog nascer vem falar que acompanha minhas postagens desde sempre. Ou que ficou feliz quando o blog voltou a ser pessoal. Ou que tem ainda como um dos seus blogs favoritos.

E nesses 6 anos, quantas mudanças! O blog, no começo, era extremamente pessoal mas depois comecei a me sentir mal por me expor tanto quando me dei conta de quantas pessoas liam meus desabafos diariamente. Passei por uma fase impessoal, quase não autoral, e com a ajuda dos colaboradores, mas sentia que aquele não era o meu blog, o meu espaço e decidi fazer o caminho de volta para casa. No meio do caminho, tive vontade de desistir, de jogar tudo pro alto, mas decidi que levaria o blog menos a ferro e fogo, com mais diversão e menos cobranças. E que bom que consegui encontrar um novo caminho, colocando na balança as coisas boas e ruins dos dois extremos e fazendo aquilo que eu posso oferecer de melhor ”“mesmo que eu fique um bom tempo sem dar nenhum sinal de vida. Aprendi a respeitar minhas crises criativas, meu cansaço mental e principalmente, em priorizar assuntos que sejam bacanas não só para mim, mas para os meus leitores afinal, o blog só existe até hoje por causa de vocês.

Nesses anos todos, não foi só o blog que mudou: eu também borboletei, e muito. Talvez nunca tenha dito aqui no blog sobre o quanto ele é responsável por um monte de coisas boas na minha vida. Primeiro conheci um monte de gente bacana por causa do blog e que acabaram virando meus melhores amigos da vida real (vide Thiago, Vitor e Bee, só para citar alguns dos mais antigos e presentes). Também descobri uma nova vocação graças a ele: eu, que quando abri o blog enquanto cursava Administração Hoteleira, acabei migrando para a área de mí­dias sociais, primeiro como redatora e agora com relacionamento e influência ”“e não consigo me imaginar fazendo outra coisa que não seja nesta área. Se não fosse pelo blog, a esta hora provavelmente estaria dentro de um escritório em algum hotel da cidade e infeliz com a minha profissão.

Mudei meu cabelo, meu estilo, meu modo de pensar, a forma de encarar e viver a vida. Hoje, 6 anos depois, vejo que o nome do blog não poderia fazer mais sentido para mim: sou essa transformação, essa necessidade de exteriorizar minhas mudanças.

í‰ como já diria Raul: “prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo”. E que bom que a gente muda, transforma e evolui né? :)