chocolate

Receita: barrinhas de chocolate e nuts

postado em  •  5 comentários

barranuts1

Quando eu conto que eu evito comer coisas com leite por conta do combo intolerância à lactose + APLV, a pergunta clássica é: “mas como você consegue viver sem chocolateeeeeeeeeeeeeeeeeeeee?”. BREAKING NEWS: eu como chocolate, mais do que eu deveria, inclusive. E nem só de Chocosoy ou Alfarroba se vive, apesar de confessar que as vezes eu pulo a cerca e acabo fugindo da restrição. Quanto maior a % de cacau na formulação, maiores as chances da receita não ter nenhum derivado de leite. Só que nem tudo é perfeito então, conforme vai aumentando a % de cacau, vão diminuindo as variações. E por isso, tenho me arriscado na cozinha e buscando alternativas fáceis e gostosas para satisfazer meu desejo por chocolate.

Uma das receitas incríveis que eu testei em casa e que repeti algumas vezes são essas barrinhas de chocolate meio-amargo com nuts e/ou frutas secas. Além de super gostoso, a receita é bem mais saudável do que os tradicionais porque combina o chocolate com maior % em cacau (que faz super bem!) com as oleaginosas e de quebra, satisfaz a vontade de comer doce sem ter que comer uma barra inteira. Quer mais vantagens? Pois então: é super fácil de fazer, rápido e dá para adequar de acordo com seu gosto pessoal, combinando diferentes nuts e frutas <3 <3 <3.

Ingredientes

gifchocolate

1 barra de chocolate meio-amargo ou 70% sem leite
1 xícara de nuts (usei castanha do pará, amêndoas em lasca e pistache)
1/2 xícara frutas secas (usei damasco, mas já fiz com cranberry/blueberry e recomendo fortemente!)

Modo de Preparo

barranutspreparo2

Quebre os chocolates em pedaços e coloque para derreter no microondas por cerca de 90 segundos, parando e mexendo a cada 30. Quando estiver derretido, espalhe o chocolate em cima do papel manteiga, usando o fundo de uma assadeira como “base”. Espalhe as nuts e frutas em cima da base de chocolate e leve para a geladeira por mais ou menos 40 minutos. Depois é só quebrar em pedaços com a mão e pronto!

barranuts3

barranutsdetalhe1

barranutsdetalhe2

barranuts2

Gostou dessa receita? Se fizer, me marca no Instagram @borboletando ou volta aqui para contar o que achou. Quer ver outras comidinhas sem leite mas cheias de amor? Então clica aqui para ver outros posts da TAG!

Pseudo-Trufas de Chocolate 70%

postado em  •  14 comentários

Todas as receitas publicadas nesta TAG foram adaptadas para minha necessidade de reduzir o consumo de lactose e açúcar na dieta. Não sou nutricionista nem especialista, apenas uma curiosa em busca de opções saudáveis e gostosas para suprir meu desejo diário do docinho de cada dia. Você pode conferir outras receitas clicando aqui!

trufa-capa

Dia desses, estava vendo um post com indicaçíµes de receitas gostosas e saudáveis no Buzzfeed e, dentre tantas coisas deliciosas, uma delas chamou a minha intenção: as trufas ~sem culpa~ do “May I Have That Recipe”. Além de ficar ultra-curiosa com o nome, fiquei tentada a traduzir e tentar fazer a receita, ainda que adaptada, aqui em casa.

Até que um belo dia, aproveitei que eu já estava com a mão na massa fazendo pasta de amendoim e emendei a tal receita, confesso, com os 2 pés atrás e com medo de ter traduzido errado. Mas não é que o resultado ficou muito melhor do que eu esperava?

trufa-corte

O sabor é in-crí­-vel e a textura é maravilhosa, cremosa na medida certa. Aqui em casa fez o maior sucesso entre a famí­lia toda, incluindo minha tia que odeia coisas ~diet~, mamãe que é diabética (e uma das minhas motivaçíµes para me arriscar nessas receitas) e papis que não é muito chegado nos paranauê doces.

E sabe qual é a melhor parte disso? Além de ser sem lactose e sem açúcar (oe!), é ridiculamente fácil de fazer e é ótimo para preparar quando bate a vontade de comer um docinho diferente ou para servir prozamigo em reuniíµes/festinhas.

Ingredientes

gif-trufaingredientes

1/2 xí­cara de chocolate 70% cacau
1 colher de sopa (bem cheia!) de pasta de amendoim sem açúcar (ensinei aqui!)
1/4 de iogurte natural (no meu caso, usei o “sem lactose” da Danúbio)*
Cacau em pó para finalizar

*Para veganos, substituir essa quantidade pelo creme de aveia, soja ou iogurte vegetal. Para quem não tem intolerância, pode substituir pelo iogurte grego natural

Como fazer?

gif-trufamistura

Derreta o chocolate no microondas (ou em banho-maria). Depois, acrescente o iogurte, a pasta de amendoim e misture bem. Leve para a geladeira e aguarde entre 15-30 minutos, ou até que fique durinho.

Depois, é fazer bolinhas tipo brigadeiro, passar no cacau em pó para finalizar e se deliciar com essa maravilha <3.

gif-trufafinal

Para quem preferir, dá para incrementar essa receita com uma colherzinha de chá de rum ou conhaque para ficar com mais gosto de trufa ou ainda, colocar pedacinhos de nuts ou frutas secas tipo damasco.

No mais, acho que todos vocês deveriam fazer essa receita e fazer esse carinho para seu estí´mago porque o resultado é muito, mas muito amor mesmo <3.

Nutella Wannabe e Pasta de Amendoim ~homemade~

postado em  •  33 comentários

Todas as receitas publicadas nesta TAG foram adaptadas para minha necessidade de reduzir o consumo de lactose e açúcar na dieta. Não sou nutricionista nem especialista, apenas uma curiosa em busca de opçíµes saudáveis e gostosas para suprir minha necessidade de doce diária e decidiu compartilhar um pouco das aventuras na cozinha no blog. Se identificou? Confira outras receitas aqui!

nutella-pasta-capa

Já contei aqui que essa TAG aqui no blog só existe, basicamente, como uma forma de compensar minha loucura por doces. Sim, sou dessas alucinadas por açúcar que poderia viver a base de chocolate, mas que infelizmente não posso brincar em serviço porque né, genética is a shit e eu estou aqui tentando fugir da diabetes como o diabo foge da cruz. Isso sem falar na intolerância a lactose, fato que eu reneguei praticamente a vida toda, mas que de um ano para cá tenho tomado mais cuidado por conta das reações

Por outro lado, essa TAG e minha necessidade me fizeram descobrir um novo hobby aos finais de semana: cozinhar. Nunca fui daquelas pessoas que odiavam cozinha, sempre me virei bem, mas dessa vez admito que estou tomando gosto pela coisa, principalmente quando encontro alguma receita incrí­vel para me arriscar.

Esse final de semana não foi diferente e eu resolvi me arriscar 2x em duas receitas que ganharam meu coração e o estômago de todo mundo aqui de casa: Creme de Avelã com Chocolate (aka Nutella) e Pasta de Amendoim.

nutella-pasta

nutella-pasta-cima

O mais engraçado é que as receitas são tão ridí­culas de serem feitas que eu fiquei o tempo inteiro duvidando que elas dariam certo -e imagino que você também ficará. Mas tenha fé que eu juro que dá certo!

Além de fáceis, essas receitas são muito mais saudáveis pelo fato de serem feitas em casa, sem aquele monte de conservantes, gordura e açúcar extra. No meu caso, usei 2 produtos mais naturebas (o açúcar e o óleo de coco), mas estes ingredientes podem ser substituí­dos por semelhantes que não altera nem o resultado nem o sabor. Independente das substituições, o resultado será ainda mais gostoso do que o industrializado <3.

Creme de Avelã com Chocolate (~Nutella~)

gif-nutella

Ingredientes:

1 xí­cara de avelãs sem casca/pele e torradas
120g de chocolate 70%
1/2 xí­cara de açúcar de coco*
2 colheres de sopa de cacau em pó
1 colher de sopa de óleo de coco (pode ser substituí­do por azeite ou qualquer outro óleo vegetal)

*Substituições: se você não tiver em uma dieta de restrição ao  açúcar, pode usar nessa mesma proporção o normal ou o demerara (que é mais saudável que o refinado). Se você tiver restrição e não encontra o de coco, pode usar o de forno e fogão, mas vale comparar as quantidades na embalagem (alguns 1 colher equivale a 1 xí­cara do açúcar tradicional).

Como fazer?

Para começar, coloque as avelãs no processador e deixe batendo. Importante sempre dar uma pausa para uma “mexidinha” com a colher, para que a mistura seja processada completamente. Esse processo leva um tempinho (uns 5 minutos, pelo menos!), então tenha paciência foco e fé. Enquanto isso, derreta o chocolate no microondas (se você não sabe como faz, aprenda nesse link aqui).

Quando você perceber que as avelãs viraram um creme (sim, eu juro que vira!), acrescente o açúcar, cacau em pó, o óleo de coco e o chocolate derretido. Deixe bater por mais alguns minutinhos e… pronto!

nutella-pronta-detalhe

Assim que você termina, a textura fica um pouco mais mole do que a original, mas conforme a mistura “descansa”, fica mais consistente e um pouco aerada por conta das avelãs. Ou seja: amor verdadeiro, amor eterno.

Pasta de Amendoim

gif-pastaamendoim

Ingredientes:

2 xí­caras de amendoim torrado sem casca
1/2 xí­cara de açúcar de coco*
1 colher de sopa de óleo de coco (pode ser substituí­do por azeite ou qualquer outro óleo vegetal)
1 colher de chá de sal

*Substituições: se você não tiver em uma dieta de restrição ao  açúcar, pode usar nessa mesma proporção o normal ou o demerara (que é mais saudável que o refinado). Se você tiver restrição e não encontra o de coco, pode usar o de forno e fogão, mas vale comparar as quantidades na embalagem (alguns 1 colher equivale a 1 xí­cara do açúcar tradicional).

Como fazer?

Coloque o amendoim torrado no processador e deixe bater até virar um creme. Também deve demorar por volta de uns 5-10 minutos, e é importante que você vá mexendo e desgrudando a mistura durante esse tempo. Quando tiver pronto, acrescente o óleo de coco, o sal e o açúcar. Bata mais um pouquinho e tá pronto!

pasta-pronta-detalhe

Tanto a textura quanto o sabor ficam infinitamente melhores do que aqueles que a gente compra no mercado. Como bem definiu minha amiga, é quase uma paçoca de colher -e afirmo que não achei descrição melhor para ela.

As duas receitas renderam, cada um, 2 potinhos desses que tem em torno de 200ml. Ou seja: é pra ter muita Copa, muita coisa gostosa <3 <3 <3 <3

PS: esse blog ainda não virou de gastronomia viu gente? Eu ia segurar esse post para o final da semana, mas preciso admitir que não aguentei esperar :B

Cookies Integrais de Chocolate 70% e Frutas Vermelhas

postado em  •  5 comentários

Já comentei aqui, em várias oportunidades, que eu não tenho problemas em ter uma alimentação saudável. Adoro salada (poderia me entupir de rúcula e agrião pro resto da vida), amo comida integral e até deixei de comer carne por um tempo uns anos atrás, o que me fez gostar de coisas naturebas e ter simpatia por comidas sem proteí­na animal. O meu grande problema na dieta começa com DO e termina com CES: DOCES. í‰ o açúcar nosso de cada dia que me fez ver por anos, o ponteiro da balança subir. Mas demorei bons anos para admitir que o grande problema da minha dieta não era os maus hábitos e sim o fato de me pegar constantemente afogando as mágoas e diminuindo o ní­vel de estresse em um mundo de doces.

Acontece que uma hora a gente tem que se dar um ultimato, antes que seja tarde, e resolvi que reduziria drasticamente a quantidade de açúcar refinado na minha dieta. Os motivos vão além da estética: minha mãe é diabética e vocês sabem, genética is a shit, e o quanto eu puder evitar essa possibilidade, melhor. Por outro lado, não dá pra imaginar viver uma vida sem doces e a maioria das coisas industrializadas sem açúcar ou são carí­ssimas ou são ruins. E assim, não é que é comida de dieta que ela é automaticamente ruim, pelo contrário: eu acredito, de verdade, que a comida precisa ser gostosa ainda que com um monte de restriçíµes. Dieta pode ser uma coisa chata, mas a comida nunca.

nigella

Foi pensando em tudo isso que, como forma de incentivo, resolvi me arriscar mais na cozinha para preparar pratos saudáveis, sem lactose, sem açúcar, (ás vezes) sem glúten, mas sempre muití­ssimo gostosos. Aproveitei a caixona de coisas que a Natue mandou aqui para casa semana passada com vários produtos lindos para dar iní­cio a TAG.

cookies-integral

A primeira receita desse “conceito” são cookies integrais sem lactose e sem açúcar. Ou melhor, mais ou menos -usei o açúcar de coco, que tem um gosto que lembra bastante o mascavo mas é muuuuuuuuuuuuito mais saudável e pode ser consumido por quem está fazendo dieta para redução de peso ou é diabético. Além disso, a receita combina duas coisas que eu amo nessa vida, chocolate e frutas vermelhas, o que me fez sair praticamente gritando de tanta felicidade pela casa.

Ingredientes

1 xí­cara de farinha de trigo
½ xí­cara de farinha de trigo integral
1 xí­cara de açúcar de coco (tem na Natue)
1 xí­cara de aveia em flocos
3/4 xí­cara de óleo de coco (tem na Natue)
1/2 xí­cara de sementes (usei chia e linhaça)
2 ovos
1 colher de fermento em pó
1 colher de essência de baunilha
1 barra de chocolate 70% cacau picada
1 xí­cara de frutas vermelhas secas (usei blueberry e cramberry)

E agora?

Para começar, você vai bater os ovos + o óleo de coco na batedeira por mais ou menos 3 minutos. Importante: o óleo de coco precisa estar lí­quido. Como estamos no outono, se ele tiver sólido, é só colocar por 1 minuto no micro-ondas que chega o óleo derrete fica lí­quido de novo.

Enquanto os lí­quidos batem na batedeira, coloque em outro recipiente todos os ingredientes secos. Depois, despeje o lí­quido e misture. A massa vai ficar meio molenga, mas não se preocupe: o segredo é deixar 30 minutos na geladeira, para que ganhe consistência.

Passados os 30 minutos, faça bolinhas e “amasse” para chegar no formato redondinho ou abra no rolo e corte com um cortador para ficar em um formato bonitinho (em nome da blogagem investigativa, fiz os 2! HAHAHA). Cubra a assadeira com papel manteiga e distribua os cookies, de preferência, com um bom espaço entre eles. Se quiser, deixe uma quantidade extra de chocolate para salpicar por cima. No forno pré-aquecido, deixe assar por entre 7 e 10 minutos (no máximo!), tudo vai depender da temperatura (geralmente uso a média). Quando terminar de assar, tire do forno, espere esfriar e… pronto! \o/

cookies-4

cookies5

cookies2

cookies3

Caso você não tenha/encontre o açúcar de coco e não tenha problema em comer açúcar, vale trocar pelo mascavo ou demerara. Não recomendo o adoçante de forno e fogão -testei umas semanas atrás e não gostei do resultado. Vou testar em uma próxima oportunidade com o Xarope de Agarve, se der certo posto um edit aqui.

Já o óleo de coco, dá para trocar por qualquer óleo vegetal como o de Canola. Não curte frutas vermelhas? Achou muito caro? Dá pra substituir por damasco, nozes, macadí¢mia”¦ enfim, use a criatividade! :D

Gostou? Se fizer, volte aqui para contar o que achou, se deu certo, se fez alguma adaptação etc. E quem tiver alguma sugestão de receita, fique a vontade para compartilhar com esta blogueira! HAHAHA :D

PS: este NíƒO í‰ um publieditorial e a publicação é espontí¢nea. A Natue enviou gentilmente este kit para que eu pudesse conhecer o serviço e eu aproveitei para fazer esta receita que há tempos eu queria fazer.