clueless

5 personagens que me marcaram e me representam

postado em  •  13 comentários

Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Para ler todas as blogagens coletivas do Rotaroots, clique aqui. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.

Quem nunca assistiu um filme e sentiu que aquele personagem poderia ser seu melhor amigo ou até, você mesmo? Ou ainda, aquela série que poderia ser um retrato da sua vida?

Costumo brincar que minha vida é um grande sitcom, dada as situaçíµes que acontecem comigo todos os dias. Tenho muita certeza que cada vez que eu entro em um ambiente, os sonoplastas soltam risadas tipo aquelas do Chaves.

Enquanto nenhum canal faz um sitcom baseada na minha vida, respondi a uma das blogagens coletivas do mês lá no Rotaroots, contando quais personagens do cinema/desenho/séries/novelas me representam ou que eu gostaria de ser. Vamos a minha lista? :D

#05 Um dos Ursinhos Carinhosos

Dentro da mente de uma “little Vic”, meu segundo sonho depois de ser Paquita, era viver aonde os Ursinhos Carinhosos viviam. Imagina, viver num lugar cheio de coisas fofas e amor? Abraçar cada um deles até os olhinhos pularem? Deitar nas nuvens? Poder pegar estrelas sorridentes na mão? Combater o mal soltando raios de coração diretamente da barriga? AAAAAAAAAAAAAAAAAAAH <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3 <3

carebears

Serião, amo tanto que vira e mexe me pego assistindo a abertura ou algum dos episódios no Youtube! HAHAHA.

#04 Becky Bloom (Confessions of a Shopaholic)

beckybloom

Não o tempo todo, mas acho que todo mundo, em algum momento da vida, se identifica com a Becky Bloom -ainda que em uma proporção infinitamente menor do que a personagem. Afinal, quem não se sente mais feliz quando compra algo que gostaria muito ou ainda, comprou algo por impulso e se arrependeu?

tumblr_lvwvuzjygj1r81fifo1_500

Confesso que já fui muito mais consumista do que eu sou hoje e já trouxe muita tranqueira para a casa -de sapatos a maquiagem. Em tempos de eBay, AliExpress, Asos e outros sites tentadores, tento ser mais contida comprando apenas o essencial ou o que eu quero muito. Para isso, penso um trilhão de vezes antes de passar o cartão.
Continue lendo →

As referências de Clueless no clipe “Fancy”, da Iggy Azalea

postado em  •  4 comentários

Alguém ainda duvida que os anos 90 e suas referências voltaram com tudo nesta década, principalmente em 2014? Por mais que a gente saiba que historicamente esses revivais apareçam depois de 20 anos, vamos combinar que é muito mais legal quando a gente revive um pouco de algo que marcou uma época boa nas nossas vidas. E essa é a primeira vez que, de fato, eu revivencio algumas dessas coisas que mais marcaram minha vida.

A boa surpresa dessa terça de Carnaval é um samba digno de Sapucaí­. A rapper Iggy Azalea, que eu já tinha uma simpatia, terminou de arrebatar meu coração com o de “Fancy”, inspirado em um dos meus filmes do coração, “As Patricinhas de Beverly Hills”. Enquanto Iggy encarna Cher, personagem eternizada pela musa-deusa-rainha dos 90”™s Alicia Silverstone, sua parceira de crime Charli XCX incorpora o estilo desencanado Tai Fraiser (Brittany Murphy, sdds). Além do figurino idêntico ao original, algumas das cenas mais épicas do longa foram recriadas para o clipe. O resultado ficou tão incrí­vel que você provavelmente se questionará se está vendo o filme ou o clipe!

E aí­, conseguiu captar as referências de Clueless no clipe? Como boa fã do filme que sou, preparei um resuminho de algumas destas referências para comparação, í´:

clueless-info

Essa não é a primeira vez, nos últimos 2 anos, que o filme é lembrado em algum fato relacionado a cultura pop. Em 2012, a revista Entertainment Weekly reuniu o elenco para um bate-papo que virou um ví­deo disponibilizado na web (assista aqui!). Já no ano passado, a grife moderninha Wildfox fez uma coleção inspirada no estilo das personagens do filme. Agora resta a torcida para que no ano que vem, quando o filme completa 20 anos, seja lançado um box especial para colecionadores e amantes da Cher e sua turma <3.

21 fatos dos anos 90 que entregam sua idade

postado em  •  161 comentários

Ah, a idade… ela não perdoa. E é assustador ver como o tempo está passando mais rápido a medida que nós vamos ficando mais velhos. A sensação que eu tenho é que grande parte das coisas que eu vivi na minha adolescência aconteceram há no máximo 2/3 anos quando na verdade, já se passaram pelo menos uns… 15 FUCKIN’ ANOS?

AQUELE MOMENTO QUE VOCíŠ PERCEBE QUE ESTí MAIS PERTO DOS 30 DO QUE DOS 18

AQUELE MOMENTO QUE VOCíŠ PERCEBE QUE ESTí MAIS PERTO DOS 30 DO QUE DOS 18

Como sei que vocês adoram meus posts nostálgicos, decidi compartilhar aqui também alguns dos fatos da cultura pop que marcaram algum momento da minha adolescência e que já debutaram ou estão perto de debutar em 2014. Para começar essa viagem, dá o play nessa playlist aqui:

Preparado? Agora engole essa cápsula de Calcitran, pega na minha mão e vem comigo nessa viagem no tunel do tempo.

TimeTunnel

IMPORTANTE: os fatos apresentados a seguir aconteceram entre 1997 e 2000, por este motivo, muitas coisas ficaram de fora. A ideia deste post é mostrar alguns fatos que muitos de nós, na faixa dos 25 a 30 anos, vivemos nas nossas adolescências e centralizar em fatos que já fizeram ou vão fazer 15 anos em 2014. Para ler outros fatos da década de 90 (que aqui sim, vão além de 97-2000), acompanhe a TAG Nostalgia aqui do blog ;)

#01 Britney surge com “Baby One More Time” (1998)

babyonemoretime

Há 15 anos, a menina vestida de colegial enjuriada com a aula e ansiosa para sair para o recreio surgia na sua vida. Há 15 anos, você amou essa menina a ponto de sair na rua de chuquinhas ou reunir as amigas para treinar as coreografias (ou fazer isso no corredor do colégio quem nunca não é mesmo?), ou odiou por recalque por ela ser apontada como namorada do Nick Carter dos Backstreet Boys e posteriormente, do Justin Timberlake nos áureos tempos do NSync.

A canção foi lançada oficialmente no dia 30/09/1998 e o álbum de estréia daquela que seria coroada a princesa do pop anos mais tarde, em 12/01/1999. E o resto da história vocês já sabem, mas vale lembrar que o tempo passa para todos!

britneycriancas

Continue lendo →

O estilo de “Clueless” vira tema de coleção da Wildfox

postado em  •  5 comentários

Foi só eu ficar uns diazinhos fora de SP e com acesso restrito á Internet para um monte de coisas legais pipocarem na web e eu não ter como escrever na hora né? Mas isso aqui vai com um pouco de delay por motivos de: é o filme da minha vida ”“podem me julgar a vontade! HAHAHA

Não é nenhuma novidade o quanto eu sou entusiasta dessa modinha revival dos anos 90 né? E também não é segredo do quanto eu amo/sou o clássico As Patricinhas de Beverly Hills”, filme protagonizado pela musa noventista Alicia Silverstone e inspirou o comportamento e o estilo de toda uma geração. Lembro que na época da febre do filme, em 1995/1996, as revistas costumavam comparar a moda das meias ¾ aos lencinhos de seda amarrados no pescoço, que virou “IT” peça entre as patricinhas paulistanas e acabou se espalhando pelo paí­s. Isso sem falar nas saias plissadas combinadas com cardigans, o grunge limpinho da Tai e as mochilas de couro que caí­ram no gosto de meninas no mundo inteiro!.

DIONNE, CHER E TAI: VAI DIZER QUE VOCíŠ NUNCA SE RENDEU AO ENCANTO DESTE TRIO?

DIONNE, CHER E TAI: VAI DIZER QUE VOCíŠ NUNCA SE RENDEU AO ENCANTO DESTE TRIO?

Motivada pelo revival anos 90, a grife modernete Wildfox lançou uma coleção inspirada no filme e no estilo de Cher, Dionne e Tai. De acordo com a estilista da marca Kimberly Gordon, o verdadeiro espí­rito da coleção está no fato de ser algo muito além da moda por si só: tinha que ser algo criativo, que expressasse um momento, um estilo de vida e despertasse o desejo de usar aquelas roupas. A inspiração veio a partir da sua relação com o filme, da personalidade e estilo dos personagens, trazendo camisetas com frases que ovacionam o consumismo, estampas divertidas e uma pitada grunge, febre da década.

Para que a coleção fizesse jus ao conceito do filme, eles pesquisaram a fundo o estilo criado para cada personagem. Segundo a figurinista de Clueless, Mona May, o estilo das roupas usadas no filme confrontava com a moda da época, que era grunge, com paleta com “cores escuras e tristes” como o preto, cinza e vermelho. Para ela, as roupas deveriam priorizar a diversão e também, a feminilidade ”“por isso, as saias plissadas, meias ¾ e sapatos tipo Mary Jane. Ainda de acordo com Mona, tanto ela quanto a autora Amy Heckerling, queriam influenciar a moda, sobretudo as adolescentes. E alguém duvida que elas conseguiram?

A coleção também ganhou um lookbook inspirado na história do filme e não poderia ficar melhor: da ambientação da casa de Cher (quarto, cozinha, escadaria, piscina) aos pequenos detalhes (jeep, celular/tijolo e até o Marvin no caderno da Tai!), tudo foi praticamente fiel ao que nós vimos nas telinhas 17 anos atrás.

clueless-wildfox-01

clueless-wildfox-02

clueless-wildfox-03

Continue lendo →