consumo consciente

Monte sua própria paleta de batons com porta-cápsulas

postado em  •  14 comentários

Já contei aqui no blog que uma das minhas paixíµes, junto com música e bichos, é a maquiagem e do quanto eu amo/sou batons ”“tanto é que eu lancei o batom Borboletando com a Tracta no ano passado.

Acontece que, como boa apaixonada por batons, tenho uma infinidade deles. E é claro que eu tenho os meus queridinhos, que acabo usando até a bala acabar e ficar aquele resto pro fundo do depósito. O problema é que, na maioria das vezes, eu acabo comprando um novo e largando esse resto de batom na minha caixinha. E obviamente, esqueço da existência deles.

Semana passada, fuçando no perfil da Liz Vieira (aliás, sigam porque tem swatches lindos de batons, de chorar diamantes de tanta lindeza!), vi uma ideia super bacana que eu resolvi testar e deu super certo: montar uma paleta de batons própria usando porta-cápsulas. A Liz deu essa sugestão para quem precisava de espaço na “penteadeira” e para deixar os batons do coração juntos. No meu caso, reutilizei a ideia para dar um destino ás sobras dos que “acabaram” e estavam esquecidos na minha caixinha ou quebrados. O resultado foi esse aqui:

batom1

batom2

Gostou e quer repetir em casa? Para começar, você vai precisar de um porta-cápsula. Comprei o meu em uma dessas lojas de “tranqueiras” e paguei R$2,00. A maioria deles vem com coisas escritas em cima ou desenhos, mas é só passar acetona umedecido no algodão que sai tudinho. Importante também dar uma lavada com sabão e passar um papel toalha com álcool na parte interna do porta-cápsula. Deixe secar.

Feito isso, chegou a hora de botar os batons nas caixinhas. Com a ajuda do cabo de uma colher de café (ou uma espátula), retire as sobras dos batons (ou a bala) em cada um dos espaços. Em seguida, para deixar os batons ~bem acomodados~, coloque a paleta no microondas até que a massa derreta (de 30 a 60 segundos, vai depender de cada aparelho/batom). Em seguida, coloque por 2 minutos no congelador para que ele possa endurecer novamente e… pronto! Na hora de passar o batom, é só usar um pincel para lábios.

Com os novos, confesso que não tenho coragem de fazer. Mas acho que é uma boa dica para salvar os batons que sobram quando a bala acaba ou quando eles quebram (o que foi o meu caso). Espero que essa dica seja útil para vocês, assim como foi para mim :D.

Project Pan 10 e o consumo consciente

postado em  •  16 comentários

Uma das coisas nas quais eu me orgulho de ter aprendido mais especialmente no último ano, foi ser mais consciente no que se diz respeito a consumo. Ano passado fiz um post-desabafo no blog sobre o quanto eu era consumista e que eu estava tentando aprender a comprar menos e melhor. Se um pouco antes daquele post eu fazia aloca da perfumaria, hoje elejo apenas aquilo que vai satisfazer meu desejo e minha necessidade daquele momento. Por isso, não hesito de pagar ás vezes mais caro por uma coisa que eu sei que vai valer a pena e que eu quero muito. Não é status, mas sim a consciência que eu criei ao longo desses anos de compre pouco, mas compre bem.

Na mesma época que eu escrevi aquele post, fiz uma seleção daquilo que eu costumava usar com mais freqí¼ência e outras que eu havia comprado por impulso, como sombras coloridas e esmaltes em cores que eu não costumo usar e acabei passando para frente. Isso sem dizer nas coisas que eu recebo das assessorias e agências, que acabam ficando acumuladas aqui por causa das minhas restriçíµes alérgicas í  alguns produtos. Do que restou, fiz um pacto comigo mesma: só voltaria a comprar coisas novas quando conseguisse eliminar parte das coisas que restaram, que realmente faziam parte do meu dia-a-dia, como bases, corretivos, delineadores, blush, máscaras de cí­lios e batons. Nesse pacto, também inclui produtos de cabelo e perfumes, coisas que eu também tenho aos montes aqui em casa.

Logo depois de ter feito esse pacto comigo mesma, conheci o Project Pan através de um post no Vende na Farmácia, que surgiu entre as blogueiras e videologgers de beleza gringas e ganhou algumas adeptas aqui no Brasil ”“inclusive a própria Loo. A idéia é mais ou menos como aqueles memes da blogosfera old school, aonde você elege até 10 produtos que estejam perto do prazo de validade ou próximos de acabar para usar até o fim. O nome é inspirado no fundinho que a gente vê quando o pó ou base compacta começa a apresentar seus primeiros indí­cios do fim.

O RESULTADO DOS MEUS "PANS"

O mais legal dessa experiência é que além de conseguir eliminar as coisas antes do prazo de validade (maquiagem estraga, tá?), é que eu estou aprendendo a fidelizar alguns produtos e elegendo o que eu quero levar para a vida. Claro que estar aberta a testar coisas novas é bem bacana, mas vamos combinar que tão bom quanto isso é encontrar um produto certo, daquele que parece que foi feito sob medida para atender nossas necessidades sem precisar sair gastando horrores a busca do cosmético perfeito. No meu caso, elegi minhas bases (Studio Fix da MAC para o dia e Nude da Dior para a noite), o delineador (fluid line da MAC) e o corretivo (Studio Fix da MAC) como os itens honour concour da minha penteadeira.

Para quem curtiu a idéia e quer aderir ao projeto, vale a pena ler também o post da Gabi do Lipstick Corner que foi a última adepta do desafio e abriu um grupo no Flickr para que outras meninas compartilhem a experiência :D