curta

Fofura do dia: Cloudy, um curta mais amor ever!

postado em  •  5 comentários

Precisando encher seu coraçãozinho peludo de amor e ternura? Então você precisa conhecer o trabalho do Friends With You, um coletivo de artistas que tem como objetivo, passar uma mensagem positiva para pessoas ao redor do mundo como, segundo eles mesmos definem, um virus cultural e feliz.

A fofurice produzida pelo FWY desta vez é o curta Cloudy, feito em parceria com o “i am OTHER”, manifesto encabeçado pelo cantor Pharrell Williams. Na animação, nuvens e gotas de chuva ganham personalidade e alma, mostrando que tudo na vida tem um papel e uma justificativa ao mesmo tempo que nos transporta para uma atmosfera de doçura e ternura.

Dê o play e prepare-se para esta overdose de fofura:

Apenas muito amor <3

O amor é lindo e aterrorizante em Reflections of a Skyline

postado em  •  11 comentários

O que é o amor para você? Se dependesse das respostas aqui nos comentários, certamente eles ocilariam entre “sim, é lindo” ou “tenho medo dele”. Mas porque sentimos tanto medo deste sentimento ou de sentir algo tão bonito e puro por outra pessoa?

REFLECTIONS OF A SKYLINE: PARA ASSISTIR COM LENCINHOS DO LADO

Reflections Of Skyline (2008), é um curta dirigido Michael Tamman & Richard Jakes e texto, diga-se de passagem, impecável, da obra “Crave” da escritora brití¢nica Sarah Kane.

Sabe que aquelas coisas que nós sentimos e que normalmente consideramos bobas quando gostamos de alguém mas nunca conseguimos definir? O texto encenado brilhantemente por Christopher Dunlop e Fiona Pearce mostra todas as delí­cias e angústias de quando gostamos de alguém -incluindo até aqueles programinhas “idiotas” que todo casal faz.

E quem nunca sentiu tudo isso por amor?

A Internet e os relacionamentos modernos em Sings

postado em  •  15 comentários

Até uns 10 anos atrás, era muito estranho dizer que você havia conhecido seu namorado, peguete ou melhor amiga através da Internet. Mas hoje em dia, principalmente com o avanço das redes sociais, as distí¢ncias estão sendo cada vez mais encurtadas e aproximando pessoas que talvez, sem a ajuda da rede mundial de computadores, jamais se conheceriam. Mas por outro lado, temos ficado cada vez mais presos a esta ferramenta e esquecendo que o grande amor das nossas vidas ou o nosso possí­vel novo melhor amigo pode estar trabalhando no mesmo prédio que você, ou bem do seu lado aí­ no metrí´.

Signs é um curta australiano de 2008, dirigido por Patrick Hughes, que mostra o poder da comunicação, sentimentos, medos e outras “limitaçíµes” em tempos de Internet e o constante distanciamento das pessoas da realidade.

Hudghes fez essa analogia em forma de ví­deo de uma forma tão poética que soa como uma pequena obra prima em pouco mais de 12 minutos de ví­deo. Muito fofo!

Poderia produzir um texto enorme sobre minhas percepçíµes, mas vou resumir ao fato de que me identifiquei imensamente com este ví­deo -e tenho certeza de que muitos de vocês também.

Para assistir, se emocionar e refletir :)