dicas

Em 1 relacionamento sério com Imagine Dragons

postado em  •  8 comentários

Já disse algumas vezes aqui no blog que eu tenho uma certa resistência e preguiça de conhecer novos artistas. Mas confesso que, por outro lado, essa coisa do meu gosto musical ter estagnado na primeira metade da década passada (sim, estou falando de 2006 e não 1996 rsss) também me incomoda bastante. Nesses últimos 6 anos, alguns novos artistas tem ganhado meu coração e toda vez que eu vicio em algum deles, venho contar e indicar para vocês conhecerem -e o que também é ótimo me forço a sair da minha zona de conforto musical.

Meu mais novo ví­cio é o Imagine Dragons. Conheci a banda em uma coletí¢nea que a Universal mandou aqui para casa com vários outros artistas com uma pegada mais indie/folk, mas só fui me apaixonar mesmo alguns meses depois, assistindo um show da banda no Lollapalooza Chicago. Achei um rock tão delicinha que não me contentei com as amostras e fui ouvir o álbum completo no Deezer e mais recentemente, acabei comprando o CD também (dsclp, mas não consigo abandonar o hábito de comprar cópias fí­sicas!).

IMAGINE DRAGONS: ROCK FOFINHO SEM SER GRUDENTO

IMAGINE DRAGONS: ROCK FOFINHO SEM SER GRUDENTO

Assim como o Killers, o Imagine Dragons também é de Vegas, o que mostra que a cidade do pecado também já pode virar a cidade mais legal do mundo quando lembramos que Britney fará residência lá pelos próximos dois anos. A banda está na ativa desde 2007 e o primeiro álbum, “Night Visions”, foi lançado ano passado. Diga-se de passagem, o álbum é a mais pura delí­cia cremosa da música e dá vontade de ouvir em looping eterno. Sabe aquela trilha delicinha para ouvir num domingo de preguiça? Ou ainda para acompanhar a ida para o trabalho numa manhã ligeralmente ensolarada de primavera? Então, é isso!

A minha favorita até o momento? “It’s Time”, com letra e melodias fofinhas, impossí­vel não viciar e sair cantarolando por aí­ ~~~~~<3.

Agora é só torcer para que a banda venha em breve para o Brasil. Será que no LollaBR 2014 eles estarão escalados para representar Vegas no festival? Tí´ aqui acompanhando e fazendo minha torcida :D.

E para quem quiser conhecer mais sobre a banda, o álbum está disponí­vel na í­ntegra para os assinantes do Deezer e do Rdio.

Para ouvir: Bright Light Bright Light

postado em  •  4 comentários

Ando numa fase bem musical, e uma prova disso talvez seja a quantidade de posts relacionados ao assunto aqui no blog. O fato é que, dentre todas as artes, música sempre foi a minha favorita e, nos últimos meses tenho buscado sair da minha zona de conforto de anos 80 e 90 e buscado novos artistas para dar uma bombadinha no meu iTunes.

ROD THOMAS DO BLBL: ALí‰M DE FAZER MíšSICA BOA, í‰ UM TETí‰IO

Meu mais novo ví­cio é o Bright Light Bright Light, um projeto lançado pelo cantor, compositor e produtor inglês Rod Thomas, que trabalhou abrindo shows e produzindo álbuns para outras artistas que nós amamos como Marina And The Diamonds e Kylie Minogue respectivamente.

O som lembra bastante alguns dos grupos oitentistas que eu adoro como o Erasure e uma versão alegre do sombrio e recente Hurts. A música “Disco Moment” faz parte do EP lançado pelo moço ano passado, e já é uma das minhas favoritas :)

Outra música delicinha do BLBL é “A New Word To Say”, lançada no final de maio deste ano e é o primeiro single do álbum “Make Me Believe In Hope”, lançado no Reino Unido e Estados Unidos no mês passado.

Curtiu? No SoundCloud do projeto dá para ouvir outras baixas e mashups sensacionais com outros hits do pop!

Dica do QDNG <3

SP: 30 motivos para ir ao Shopping Eldorado

postado em  •  9 comentários

Existem alguns lugares na cidade que sempre vão te marcar por algum motivo especial. O Shopping Eldorado é um desses para mim. Lembro que quando eu era pequena, meus pais costumavam freqí¼entar bastante o shopping para fazer compras e claro, me levar no saudoso Parque da Mí´nica.

Por isso, fiquei super feliz quando o Eldorado me convidou para visitar o Shopping, que completa 30 anos de existência, e eleger 30 motivos para visitá-lo e recomendá-lo para meus leitores.
Confiram minha seleção! :D

1- Fácil acesso: um dos pontos que eu considero fundamental para o Eldorado é que ele um dos poucos shoppings da cidade com muita coisa bacana para fazer, desde as principais lojas a restaurantes badalados , com fácil acesso. Trem, metrí´ (alí´ linha amarela!) e í´nibus.

2- Um urso para chamar de seu: você já pensou em criar um urso do jeito que você sempre quis? Pois é, agora você pode criar. A Build a Bear Workshop é um verdadeiro paraí­so para os apaixonados por bichinhos de pelúcia , e nem precisa ser criança para sair de lá encantado pela loja (sério). O mais bacana é que você, além de escolher como vai ser seu ursinho, vai confeccioná-lo, ajudando a colocar a espuma, penteá-lo, escolher um som e ainda batizá-lo com um nome, com direito a certidão de nascimento. Nhom!

BUILD A BEAR WORKSHOP: A LOJA MAIS LINDA E FOFA DA CIDADE

3- Entretenimento para o namorado enquanto você faz compras: 99% dos homens odeiam acompanhar as namoradas e mulheres para fazer compras, mas agora você tem um ótimo argumento para convencer seu amado a ir com você. Lá no Eldorado tem a Mr. Beer, um quiosque com uma variedade enorme de cervejas nacionais e gringas para todos os gostos. E o mais bacana é que além do quiosque, tem umas mesinhas para ele tomar bons drinque enquanto você faz suas compras. Ou ainda combine um “girls day” com as amigas no shopping e finalize no quiosque degustando alguma cerveja.

4- WI-FI Free: nada melhor do que chegar em algum lugar e ter um WI-FI na faixa e ótimo para a gente usar né? :D

5- Os melhores fast-fashion estão lá: Renner, C&A e Zara são as 3 lojas queridinhas de quem ama moda mas procura preços amigos. E as 3 estão no Eldorado. A Zara, diga-se de passagem, tem uma variedade bem bacana de peças que a gente não costuma encontrar nas outras filiais.

6- Revivendo a infí¢ncia: quem é da geração de 80, comecinho dos 90, provavelmente viveu o boom da patinação e morre de saudades de ter um espaço para reviver os velhos tempos. A boa notí­cia é que no 2° subsolo do Eldorado tem a Ice Star, uma pista de patinação no gelo que funciona o ano inteiro e atende crianças, adolescentes a adultos. E nem é preciso saber patinar para curtir. A Ice Star conta com instrutores para ajudar você a dar os primeiros passos na patinação!

7- Espirito do Mercadão no conforto do shopping: para quem adora ir ao Mercadão de SP para comprar frutas secas e nuts mas não tem muita paciência para enfrentar o centro da cidade pode ir ao Emporio Chiappetta, que além de manter sua matriz no tradicional mercado municipal da capital, tem uma unidade no Eldorado. E no melhor estilo mercadão, você pode degustar antes de escolher quais delí­cias você levará para casa. Não deixe de experimentar a manga seca.

8- O melhor frozen yogurt da cidade: a Veja SP já elegeu o Yogurberry como o melhor frozen da cidade, e confesso que eu concordo com o tí­tulo. Frozen Yogurt com gosto de iogurte mesmo, calda de frutas vermelhas sem adição de açúcar e sempre com outras opçíµes de sabores. Minha combinação favorita é: frozen natural + blueberry + morango + calda de frutas vermelhas. í‰ amor gente!
Continue lendo →

SP: Hot Seria!

postado em  •  7 comentários

Não sei se com vocês é assim, mas até uns 22, 23 anos eu ADORAVA balada e odiava bar. Mas desde que eu comecei com a rotina de trabalho e o fato de eu morar relativamente longe de onde as coisas acontecem (aqui na Proví­ncia A balada boa é lenda), ando com uma preguiça gigantesca de ir para buatchys e acabo indo só para algumas festas bem especí­ficas do Vegas e do Secreto. Por isso, quando eu encontro algum bar bacana mas que tenha música boa, gente bonita e animada, é uma alegria só (TODOS COMEMORA).

O Hot Seria foi uma das gratas surpresas dos últimos tempos. Já tinha ouvido alguns bons comentários sobre o bar, mas só tive a oportunidade de conhecer no aniversário do Cadu semana passada e vou te contar: não decepcionou, muito pelo contrário.

O bar com jeitão de lounge fica ali na Augusta e foi instalado dentro de um galpão, o que garante um espaço gigantesco e super arejado -quem passa pelo lado de fora da rua consegue ver o que acontece ali dentro. A decoração ali tem um jeito arrumadinho-despojado dando um ar aconchegante (com direito até a sofás!) e ao mesmo tempo moderinho, bem caracterí­stico dos bares da região da baixa Augusta.

í‰ o tipo de lugar para você chamar vários amigos para tomar uma cerveja no Happy Hour ou no sábado para um esquenta ou simplesmente, bater papo.


Continue lendo →