dieta

Nutella Wannabe e Pasta de Amendoim ~homemade~

postado em  •  33 comentários

Todas as receitas publicadas nesta TAG foram adaptadas para minha necessidade de reduzir o consumo de lactose e açúcar na dieta. Não sou nutricionista nem especialista, apenas uma curiosa em busca de opçíµes saudáveis e gostosas para suprir minha necessidade de doce diária e decidiu compartilhar um pouco das aventuras na cozinha no blog. Se identificou? Confira outras receitas aqui!

nutella-pasta-capa

Já contei aqui que essa TAG aqui no blog só existe, basicamente, como uma forma de compensar minha loucura por doces. Sim, sou dessas alucinadas por açúcar que poderia viver a base de chocolate, mas que infelizmente não posso brincar em serviço porque né, genética is a shit e eu estou aqui tentando fugir da diabetes como o diabo foge da cruz. Isso sem falar na intolerância a lactose, fato que eu reneguei praticamente a vida toda, mas que de um ano para cá tenho tomado mais cuidado por conta das reações

Por outro lado, essa TAG e minha necessidade me fizeram descobrir um novo hobby aos finais de semana: cozinhar. Nunca fui daquelas pessoas que odiavam cozinha, sempre me virei bem, mas dessa vez admito que estou tomando gosto pela coisa, principalmente quando encontro alguma receita incrí­vel para me arriscar.

Esse final de semana não foi diferente e eu resolvi me arriscar 2x em duas receitas que ganharam meu coração e o estômago de todo mundo aqui de casa: Creme de Avelã com Chocolate (aka Nutella) e Pasta de Amendoim.

nutella-pasta

nutella-pasta-cima

O mais engraçado é que as receitas são tão ridí­culas de serem feitas que eu fiquei o tempo inteiro duvidando que elas dariam certo -e imagino que você também ficará. Mas tenha fé que eu juro que dá certo!

Além de fáceis, essas receitas são muito mais saudáveis pelo fato de serem feitas em casa, sem aquele monte de conservantes, gordura e açúcar extra. No meu caso, usei 2 produtos mais naturebas (o açúcar e o óleo de coco), mas estes ingredientes podem ser substituí­dos por semelhantes que não altera nem o resultado nem o sabor. Independente das substituições, o resultado será ainda mais gostoso do que o industrializado <3.

Creme de Avelã com Chocolate (~Nutella~)

gif-nutella

Ingredientes:

1 xí­cara de avelãs sem casca/pele e torradas
120g de chocolate 70%
1/2 xí­cara de açúcar de coco*
2 colheres de sopa de cacau em pó
1 colher de sopa de óleo de coco (pode ser substituí­do por azeite ou qualquer outro óleo vegetal)

*Substituições: se você não tiver em uma dieta de restrição ao  açúcar, pode usar nessa mesma proporção o normal ou o demerara (que é mais saudável que o refinado). Se você tiver restrição e não encontra o de coco, pode usar o de forno e fogão, mas vale comparar as quantidades na embalagem (alguns 1 colher equivale a 1 xí­cara do açúcar tradicional).

Como fazer?

Para começar, coloque as avelãs no processador e deixe batendo. Importante sempre dar uma pausa para uma “mexidinha” com a colher, para que a mistura seja processada completamente. Esse processo leva um tempinho (uns 5 minutos, pelo menos!), então tenha paciência foco e fé. Enquanto isso, derreta o chocolate no microondas (se você não sabe como faz, aprenda nesse link aqui).

Quando você perceber que as avelãs viraram um creme (sim, eu juro que vira!), acrescente o açúcar, cacau em pó, o óleo de coco e o chocolate derretido. Deixe bater por mais alguns minutinhos e… pronto!

nutella-pronta-detalhe

Assim que você termina, a textura fica um pouco mais mole do que a original, mas conforme a mistura “descansa”, fica mais consistente e um pouco aerada por conta das avelãs. Ou seja: amor verdadeiro, amor eterno.

Pasta de Amendoim

gif-pastaamendoim

Ingredientes:

2 xí­caras de amendoim torrado sem casca
1/2 xí­cara de açúcar de coco*
1 colher de sopa de óleo de coco (pode ser substituí­do por azeite ou qualquer outro óleo vegetal)
1 colher de chá de sal

*Substituições: se você não tiver em uma dieta de restrição ao  açúcar, pode usar nessa mesma proporção o normal ou o demerara (que é mais saudável que o refinado). Se você tiver restrição e não encontra o de coco, pode usar o de forno e fogão, mas vale comparar as quantidades na embalagem (alguns 1 colher equivale a 1 xí­cara do açúcar tradicional).

Como fazer?

Coloque o amendoim torrado no processador e deixe bater até virar um creme. Também deve demorar por volta de uns 5-10 minutos, e é importante que você vá mexendo e desgrudando a mistura durante esse tempo. Quando tiver pronto, acrescente o óleo de coco, o sal e o açúcar. Bata mais um pouquinho e tá pronto!

pasta-pronta-detalhe

Tanto a textura quanto o sabor ficam infinitamente melhores do que aqueles que a gente compra no mercado. Como bem definiu minha amiga, é quase uma paçoca de colher -e afirmo que não achei descrição melhor para ela.

As duas receitas renderam, cada um, 2 potinhos desses que tem em torno de 200ml. Ou seja: é pra ter muita Copa, muita coisa gostosa <3 <3 <3 <3

PS: esse blog ainda não virou de gastronomia viu gente? Eu ia segurar esse post para o final da semana, mas preciso admitir que não aguentei esperar :B

Churros Assado com Creme de Alfarroba

postado em  •  17 comentários

Umas semanas atrás contei nesse post aqui que nos últimos tempos tenho me aventurado na cozinha na busca dos doces perfeitos sem açúcar e sem lactose (não, não é por moda, só sou intolerante mesmo desde pequenininha). O motivo principal disso é que eu adoro comer (que não, né gente?) e que eu queria provar para eu mesma que comida de dieta e de restrição pode sim, ser saudável e gostosa ao mesmo tempo.

Já tinha me aventurado nesse mundo outras vezes, fazendo um bolo de chocolate sem glúten, sem lactose e sem açúcar e com um brownie de farinha de amêndoas, além das cookies integrais. Todas as experiências que eu posto no blog são resultado de tentativas de sucesso e jamais publicarei coisas que por acaso, tenham ficado ruim. Por isso, boto a casa inteira e os amigos para fazerem o testdrive antes de publicar qualquer receita no blog, para ter certeza de que as coisas ficaram delí­cias de verdade.A minha experiência do final de semana foi uma coisa que eu amo, mas há tempos não comia: <3 churros <3.

churrosfoodporn

Além de ser cada dia mais difí­cil achar um lugar que tenha aquele churros de raiz, não nasci com um estí´mago de avestruz e comer fritura é quase sempre um tiro no escuro (e quase sempre certeiro). Por isso, rolou toda uma emoção quando eu achei essa receita de ~~~churros funcional~~~~ , um nome bonito para uma versão deste doce mais saudável e permitido í  intolerantes e alérgicos de plantão. Antes de fazer, comparei a receita com as “normais” e percebi que quantidade e modo de preparo são praticamente os mesmos, só muda alguns ingredientes. A minha versão é sem açúcar, lactose e glúten, mas se você puder, pode fazer com o que você tiver em casa que muito provavelmente dará certo também!

churros01

Ingredientes

300 ml de água
1 colher de sopa de óleo de coco (pode ser margarina ou outro óleo vegetal)
1 pitada de sal
1 colher de chá de essência de baunilha
2 colheres de sopa de açúcar de coco (pode ser mascavo ou demerara)
1 xí­cara de farinha de arroz (pode ser farinha de trigo)
1 ovo
Canela em pó para polvilhar

Modo de preparo

Coloque em uma panela a água, o óleo de coco, o açúcar, o sal e a essência de baunilha, misture e espere ferver. Desligue e misture, aos poucos (importante!), a farinha até virar um creme. Acrescente um ovo ligeramente batido í  mistura. Coloque a mistura em um saco de confeiteiro com bico pitanga.

Forre a assadeira com papel manteiga e faça os “churros” com o saco de confeiteiro, pressionando-o. Coloque no forno pré-aquecido por cerca de 20-25 minutos. Depois de assado, polvilhe com canela.
Para acompanhar, usei o Creme de Alfarroba com Avelã da Carob House que veio naquele presskit que eu recebi da Natue. Se você não sabe o que é Alfarroba, uma explicação rápida: é tipo chocolate, mas não vem do cacau. Ainda assim tem um gosto que lembra demais o chocolate que nós conhecemos e é uma opção para intolerantes a lactose e para quem tem restrição í  açúcar. E sim, é gostoso pra caramba. Esse creme é tipo um Nutella para intolerantes, que também pode ser facilmente chamado por “puro creme do amor”. Sério.

Se você não tiver Alfarroba, pode usar o doce de leite mesmo (lógico, se você puder né?), geleia, Nutella, brigadeiro ou o que mais a sua mente gordita permitir.

churros4

churros2

churros3

A receita original retirei do blog da Lidiane Barbosa, especialista em culinária funcional, e fiz algumas adaptaçíµes. Fica a dica de leitura para quem também se interessa pelo assunto :D.

Mixtape #33 – Summertime 3.0

postado em  •  2 comentários

Fiquei pensando em algumas maneiras de começar bem o ano aqui no blog e decidi que daria inicio a esta nova fase da melhor maneira possí­vel: com uma mixtape noví­ssima em folha para todo mundo retomar as atividades porém em ritmo de verão e pensando no final de semana ”“afinal o ano mesmo só começa depois do Carnaval! HAHAHA ;)

A primeira Mixtape de 2014 e a #33 desta tag traz a já tradicional mixtape de verão do blog, com uma série de músicas alegrar sua temporada principalmente, para pegar a estrada no final de semana com os amigos rumo a praia ou ao interior. Só músicas animadézimas, para você e seus amigos viajarem cantando e balançarem os bracinhos enquanto descem (ou sobem) a serra \o\ /o/ \o\ /o/.

mixtape33lista

Gostou dessa mixtape? Para baixar, clica aqui. E para ouvir todas as outras que já passaram para o blog, vem pra cá! \o/

Tí CALOR, Tí QUENTE!

Tí CALOR, Tí QUENTE!

Falando em verão…

Acho que eu já disse em algum momento deste blog que apesar de adorar essa vibe feliz do verão e praia, não sou muito chegada a calor né? HAHAHA! Já que não dá para pular direto para o outono, o jeito é arrumar meios para driblar os dias quentes. Além de água geladézima e sucos gostosos, assistindo o Jamie Oliver peguei uma dica maravilhosa que mudou meu verão e virou meu petisco/doce favorito: uvas congeladas. Dei a dica no meu Facebook e no Instagram, foi comoção geral e resolvi trazer a dica para cá também!

uvascongeladas

O negócio é simples mas você vai mostrar para todo mundo que manja dos paranauê tudo da cozinha saudável: compra, lava, bota no congelador, espera até ficar durinho e Pí, bolinhas-sorvetes de uva. O bom é que dar para comer como petisco, lanchinho entre refeiçíµes e uma forma de quem não é muito chegado normalmente a frutas, comê-las. Fiz com a “Thompson” (vulgo sem semente) e a roxinha com caroço mesmo e ficaram ótimas. Agora que voltei pra SP (e para a dieta), já fiz um estoque delas no meu congelador! :D

Então é isso pessoal. Começando o ano com a promessa de estar mais presente aqui, sem muitas neuras e com uma porção de posts legais para os leitores mais lindos e pacientes da blogosfera brasileira <3.

O melhor bolo do chocolate ever (sem lactose e glúten <3)

postado em  •  13 comentários

Depois de alguns dias na dieta free/hard, confesso que começa a bater a vontade de comer uma coisinha mais gostosa, mais caseira, afinal, sou humana. Como contei nesse post aqui, estou fazendo uma dieta anti-alérgica sem glúten nem lactose e, o que pode parecer um tormento para a maioria das pessoas, para mim tem sido a descoberta de um novo mundo e também, de novos sabores e possibilidades.

E o mais engraçado/legal/fofo de tudo isso, é que eu tenho contado com a ajuda (e solidariedade rssss) de alguns amigos. A linda-mor da Paulinha é um bom exemplo disso: fuçou lá no site da Nigela me passou uma receita de um bolo de chocolate aonde a base da receita fica por conta do azeite de oliva e da farinha de coco, que ainda é uma “novidade” ainda bem difí­cil de ser encontrada e consequentemente, cara.

Daí­, fuçando em alguns blogs de nutrição funcional, encontrei uma receita bem parecida com essa, mas digamos que mais próxima a no$$a realidade, levando óleo de canola e… coco ralado como substituto da farinha. Além disso, nesta receita, saí­ o açúcar e entra o adoçante para forno e fogão, tornando o bolo mais amigo da dieta e também, de quem tem alguma restrição, como diabetes. E o melhor de tudo: fácil de fazer (até euzinha que sou 0 habilidade na cozinha, consegui!) e ultra rápido YAYAYAYAYAY!

Fiz outro dia para tomar café da manhã e fiquei apaixonada. A textura fica parecendo de um bolo mesmo e não lembra em nada o gosto do coco. Levei na agência para comer de lanchinho e no fim, acabei dividindo com 2 amigos da agência que amaram o resultado.

bolo-chocolate-glutenfree-receita1

Ingredientes:
4 ovos inteiros
1/2 xí­cara de chá de óleo de canola (mas se você não tiver, pode ser qq outro)
1 xí­cara de cacau em pó
6 colheres de sopa de adoçante para forno e fogão
1 pacote (100g) de coco ralado seco desengordurado e sem açúcar
1 colher de sopa de fermento em pó

E agora, como faz?

tumblr_mcs5afhmT31ql5yr7o1_500

Coloque tudo no liquidificador e bata. Pode ser que ele dê uma emperrada, mas não precisa se assustar. Na pior das hipóteses, é só colocar numa vasilha e misturar o resto na mão mesmo.

Escolha uma assadeira pequena, de aproximadamente 20cm. A receita rende um bolo relativamente pequeno, e como ele não cresce, ficar espalhando numa forma grande pode transformá-lo numa bolacha. Na hora de untar, passe só um pouco de óleo com a ajuda de um pincel ou papel toalha.

Daí­ meus amiguinhos e minhas amiguinhas (Palmirinhas feelings), é só levar ao forno por mais ou menos 25 minutinhos e tcharãn, tá pronto seu bolo delicioso e free bitch baby! \o/

bolo-chocolate-glutenfree-resultado

bolo-chocolate-glutenfree-resultado2

Como a textura dele fica parecida com a de um brownie, uma sugestão é variar e jogar algumas nuts na massa pouco antes de assar. Fiz uma versão dessa, com macadí¢mias (<3) e ficou maravilhoso. E ainda tem quem ache que não existe amor sem gluten, lactose e açúcar <3.