direct hits

Os 10 anos de The Killers no maravilhoso “Just Another Girl”

postado em  •  8 comentários

Tá, não é novidade que Killers é minha banda favorita e eu tenho plena consciência de que ás vezes, os leitores do blog ficam de mimimi porque eu faço fangirling. Por outro lado, o blog é meu, é um reflexo do que eu sou e do que eu gosto, logo, eu escrevo sobre o que eu quiser nele! HAHAHAHA

CRí‰DITOS: BATTLEPORN.TUMBLR.COM

MINHA REAí‡íƒO QUANDO RECLAMAM QUE EU Sí“ FALO DO MOZíƒO

Brincadeiras (ou não) a parte, o Killers completou 10 anos de carreira e para celebrar este marco, lançou sua primeira coletí¢nea, o Direct Hits. Além dos singles lançados pela banda (quer dizer, quase todos porque deixaram “Bones” e
“Here With Me” de fora)
e dos hinos desperdiçados do Battle Born que resolveram reaproveitar na coletí¢nea, “The Way It Was” e “Be Still”, o álbum conta com 1 remix-farofa-uh-uh-aiaiaiai do Calvin Harris para “When You Were Young” e 2 faixas inéditas. A primeira, “Shot At The Night” produzida em parceria com Alexander Gonzalez do M83 (e que eu já babei ovo neste post), virou o single-chefe da coletí¢nea e ganhou um clipe todo fofuxo, com uma fotografia linda mas que eu como fã, confesso que fiquei decepcionada, já que, com exceção do Brandon, o resto da banda sequer deu as caras. Poxa gente, era um clipe com uma música inédita da coletí¢nea dos 10 anos de banda, fazer uma pontinha no ví­deo era o mí­nimo né?

Mas para a minha surpresa e de outros fãs, a banda fez um verdadeiro VRí na nossa cara e personificou a expressão “sambou sem prometer”, lançando o clipe da segunda música inédita, a maravilhosa “Just Another Girl”, hoje a tarde, quando ninguém esperava. Minha reação, quando a Sah me mandou o link no Feicetruque, foi mais ou menos essa:

CRí‰DITOS: TALKTOSTRANGERS.TUMBLR.COM

“AI MEU CORASSAUM”

A música, que já era uma delicia cremosa, ficou ainda mais magní­fica com o clipe, digno de uma banda que está comemorando seus 10 anos de carreira e de fazer qualquer fã que se preze querer chorar de tanto amor.

Ao longo dos quase 4:30 de ví­deo, a trajetória da banda é contada através de referências a videografia, aos álbuns lançados e até mesmo os figurinos icí´nicos do mozão Brandon Flowers como o blazer de penas de Day&Age e o extravagante terno dourado de Sam’s Town. E ao contrário de Shot At The Night, a protagonista do clipe é a gatézima Dianna Agron, que interpreta o Brando, enquanto ele aparece, digamos, como “figurante” do próprio ví­deo. O resultado não poderia ser outro e vou além: me arrisco a dizer que é o melhor clipe da banda, pelo menos para mim :D.

Continue lendo →