fangirling

Os 10 anos do Hot Fuss do The Killers <3 <3

postado em  •  5 comentários

Aonde você estava quando você ouviu, pela primeira vez, aquela que viria a ser sua banda favorita? Já cansei de dizer aqui que Garbage e o The Killers dividem o posto de minhas bandas favoritas, cada uma com sua particulidade. Se o Garbage foi a banda que marcou minha adolescência, o Killers marcou o iní­cio da minha vida adulta, minhas obrigaçíµes e amadurecimento.

Em 2004, quando ouvi pela primeira vez “Somebody Told Me”, estava no primeiro ano da faculdade de Administração Hoteleira, ainda sem a certeza se era aquilo mesmo que eu gostaria de fazer até os cabelos ficarem todos branquinhos. Era uma fase de incertezas mas também certezas, de tentar me encontrar e saber quem eu gostaria de ser. Nessa época também, comecei a levar o blog mais a sério (leia-se, sosseguei no meu primeiro domí­nio, o So Like a Rose), conheci pessoas fantásticas que fazem parte da minha vida até hoje. Ainda que a letra não seja um primor do rock alternativo, a música fez parte daquele momento da minha vida, assim como a banda.

MINHA COLEí‡íƒO KILLERIANA DO HOT FUSS <3

MINHA COLEí‡íƒO KILLERIANA DO HOT FUSS <3

De lá pra cá, muita coisa mudou. De hoteleira virei publicitária, os cabelos tingidos de loiro caramelo viraram ombre hair, conheci outras tantas pessoas fantásticas e o Hot Fuss não é mais meu álbum favorito. Porém, meu amor por essa banda, para não dizer que nunca mudou, só aumentou.

Como hoje o Hot Fuss completa 10 anos do seu lançamento, fiquei pensando em uma forma de deixar esse momento registrado aqui no blog. E daí­ surgiu a ideia de criar um infográfico em parceria com o Sweet Talk (aka o fandon que eu faço parte), com alguns números e curiosidades do álbum. Abaixo, você pode conferir o resultado da nossa varredura em busca das informaçíµes. Não consegue enxergar direito o que está escrito? Só clicar em cima para ler em tamanho maior :D.

infografico-gif-b

Quem é victim e gostou, pode replicar por aí­, só peço para não tirar os créditos do Sweet Talk, afinal, todo o trabalho de pesquisa e montagem foi feito por nós.

BRANDINHO (AKA MOZíƒO) EMOCIONADO COM TANTA DEDICAí‡íƒO

BRANDINHO (AKA MOZíƒO) EMOCIONADO COM TANTA DEDICAí‡íƒO

PS: amanhã o Giro da Blogosfera volta, assim como o ritmo normal de atualizaçíµes deste blog AGUARDEíƒN!

Killers sambando sem prometer em “Shot At The Night”

postado em  •  3 comentários

Esse final de semana estava pensando o quanto algumas coisas me fazem mais feliz e uma delas, é ainda ter meus í­dolos. Sou fanática por música, movida por ela, continuo consumindo CDs fí­sicos (e mais recentemente, vinis), e uma das coisas que me fazem uma pessoa mais feliz é ter meus artistas favoritos. Gente que eu admiro, gosto de saber novidades, de acompanhar a carreira e tudo mais. E confesso que a cada novidade de algum artista que eu gosto muito, sinto aquela euforia fangirling, não muito diferente do que eu sentia na adolescência pelas Spice e os Backstreet Boys, HAHAHA. Sei lá, tem gente que é fanático por futebol. Eu sou pelas bandas e cantores que eu gosto. E quer saber? Não me envergonho disso.

shotat

E é nenhuma novidade para os leitores do blog o tamanho do meu amor pelo The Killers e pelo mozão Brandon Flowers, e que eles disputam o topo com o Garbage e a Britney. Com a era Battle Born chegando ao fim, estava começando a me sentir órfã da banda até o próximo álbum (ou o ~Flamingo 2~, aka o trabalho solo do Brandon) quando eles anunciaram, sem maiores detalhes, que grandes novidades estavam por vir.

COMO EU ME SINTO QUANDO MINHA BANDA FAVORITA ANUNCIA NOVIDADES

COMO EU ME SINTO QUANDO MINHA BANDA FAVORITA ANUNCIA NOVIDADES

Daí­ em diante, foram dias juntando peças de um quebra-cabeça que a banda soltou nos últimos meses. Da entrevista para a NME em junho, em que a banda apresentou para o jornalista um trecho de uma nova música produzida em parceria com Anthony Gonzalez do M83 (aliás, se você ainda não conhece, corre pra ouvir que também é coisa linda de Deus!), aos tweets misteriosos que eram misteriosamente apagados dias depois, tudo se encaixou perfeitamente na semana passada, quando foi publicado nos canais oficiais uma imagem em código Morse, anunciando o nome do novo single, “Shot At The Night”, previsto para o dia 16. Ou seja, fiquei esperando o final de semana inteiro aguardando o vazamento, fazendo uma varredura na Internet inteira e nenhum indí­cio -apenas que a faixa estaria disponí­vel em breve no Rdio.

Por incrí­vel que pareça, em pleno 2013, a faixa conseguiu a proeza de não vazar antes do lançamento oficial na Radio BBC1 do Reino Unido, e eu me senti praticamente nos tempos que eu ficava com a boa e velha fita K7 com o play+rec+pause pressionados só aguardando o lançamento da nova música dos Backstreet Boys nos áureos tempos pré-Internet. Como não estou no UK e também não tenho mais meu toca-fitas, o jeito foi acompanhar ligadinha o lançamento pelo stream enquanto trabalhava e…

"AI ME DEUS VAZOU E í‰ MARAVILHOSA, SOCORRRRRRR CHAMA O SAMU!!!!!!111 #EARGASM"

“AI ME DEUS VAZOU E í‰ MARAVILHOSA, SOCORRRRRRR CHAMA O SAMU!!!!!!111 #EARGASM”

A faixa, que foi exatamente a produzida por Anthony Gonzalez, traz alguma das caracterí­sticas que fizeram com que eu me apaixonasse pela banda anos atrás: a forte influência do synthpop dos anos 80. Ou seja, a música é puro luz, raio, estrela e luar, o mais puro creme do amor, entre outros adjetivos que eu poderia citar por horas. Se você ainda não ouviu, se dê a este luxo e escute esse primor:

Carregada por <3 sintetizadores <3 e uma melodia quase lúdica, a música é tão viciante que eu criei uma teoria de usaram samples de I-Doser (alguém mais lembrava disso? HAHAHA) no single. Outro ponto que eu gostei é porque achei que a faixa lembra, mesmo que de longe, a vibe ~~~~música de consultório odontológico~~~ de “Deadlines and Commitments”, uma das minhas favoritas do Battle Born.

SAMBANDO NO RECALQUE E NA CARA DOS HATERS

SAMBANDO NO RECALQUE E NA CARA DOS HATERS

“Shot At The Night” faz parte do “Direct Hits: 2003-2013”, primeira coletí¢nea da banda que celebra os 10 anos de carreira desses lindos e dá um tapa na cara da sociedade que acha que eles são one hit wonder por causa de Mr. Brightside, e será lançada no dia 11 de novembro. Além do single, o álbum terá mais uma música inédita, “Just Another Girl” e eu já estou aqui de boní­ssima fazendo os paranaués todos para que essa faixa seja tão maravilhosa quando “Shot At The Night”.

Para quem é ansioso/obcecado pela banda tipo euzinha, fica a dica: dá para comprar o álbum na pré-venda do Amazon UK , que eu super recomendo (e inclusive prometo fazer um post em breve sobre esse achado que tem feito minha alegria enquanto consumidora de CDs HAHAHA).