tracta

Monte sua própria paleta de batons com porta-cápsulas

postado em  •  14 comentários

Já contei aqui no blog que uma das minhas paixíµes, junto com música e bichos, é a maquiagem e do quanto eu amo/sou batons ”“tanto é que eu lancei o batom Borboletando com a Tracta no ano passado.

Acontece que, como boa apaixonada por batons, tenho uma infinidade deles. E é claro que eu tenho os meus queridinhos, que acabo usando até a bala acabar e ficar aquele resto pro fundo do depósito. O problema é que, na maioria das vezes, eu acabo comprando um novo e largando esse resto de batom na minha caixinha. E obviamente, esqueço da existência deles.

Semana passada, fuçando no perfil da Liz Vieira (aliás, sigam porque tem swatches lindos de batons, de chorar diamantes de tanta lindeza!), vi uma ideia super bacana que eu resolvi testar e deu super certo: montar uma paleta de batons própria usando porta-cápsulas. A Liz deu essa sugestão para quem precisava de espaço na “penteadeira” e para deixar os batons do coração juntos. No meu caso, reutilizei a ideia para dar um destino ás sobras dos que “acabaram” e estavam esquecidos na minha caixinha ou quebrados. O resultado foi esse aqui:

batom1

batom2

Gostou e quer repetir em casa? Para começar, você vai precisar de um porta-cápsula. Comprei o meu em uma dessas lojas de “tranqueiras” e paguei R$2,00. A maioria deles vem com coisas escritas em cima ou desenhos, mas é só passar acetona umedecido no algodão que sai tudinho. Importante também dar uma lavada com sabão e passar um papel toalha com álcool na parte interna do porta-cápsula. Deixe secar.

Feito isso, chegou a hora de botar os batons nas caixinhas. Com a ajuda do cabo de uma colher de café (ou uma espátula), retire as sobras dos batons (ou a bala) em cada um dos espaços. Em seguida, para deixar os batons ~bem acomodados~, coloque a paleta no microondas até que a massa derreta (de 30 a 60 segundos, vai depender de cada aparelho/batom). Em seguida, coloque por 2 minutos no congelador para que ele possa endurecer novamente e… pronto! Na hora de passar o batom, é só usar um pincel para lábios.

Com os novos, confesso que não tenho coragem de fazer. Mas acho que é uma boa dica para salvar os batons que sobram quando a bala acaba ou quando eles quebram (o que foi o meu caso). Espero que essa dica seja útil para vocês, assim como foi para mim :D.

O dia em que o Borboletando virou batom :D

postado em  •  19 comentários

Hoje é um dia difí­cil na vida dos meus inimigos (calma cara, é brinks!!!111) porque é o dia da realização de algo muito legal e que nunca na minha vidinha achei que fosse realizar. E é claro que eu precisava dividir este momento com vocês, leitoras e leitores do Borboletando, que me acompanham desde o comecinho do blog em 2006 até os mais novos!

tracta_borboletando_1

Há alguns meses, a Tracta me convidou para assinar um dos batons do projeto “Tracta Blogs III” e confesso que fiquei bem surpresa com o convite. Embora beleza seja um dos assuntos do blog, está longe de ser um dos assuntos principais. Por outro lado, quem me conhece na vida real, sabe da minha quase obsessão por batons e do quanto eu amo comprar e usar cores novas (sério, deve só perder para CDs no quesito coleçíµes! HAHAHA). Ou seja: fiquei muito feliz em representar uma categoria não muito óbvia no Tracta Blogs e também, ter a oportunidade de me juntar com grandes divas como Gaga e Nicki Minaj e de assinar meu próprio batom, com uma cor que eu sempre quis ter! HAHAHA :D

NíƒO SEI FAZER EGOSHOTS, MAS MEU BATOM Tí LINDO!

NíƒO SEI FAZER EGOSHOTS, MAS MEU BATOM Tí LINDO!

Durante o processo criativo, a primeira coisa que passou pela minha cabeça foi fazer algo realmente diferente de tudo que eu já tinha ou já tivesse visto em algum momento da minha vida. Na minha cabeça, o batom perfeito deveria ser uma cor que fosse difí­cil de ser decifrada: um vinho que na verdade é meio arroxeado, mas que na real ele é um magenta, mas sem ser magenta. Sei que parece confuso, mas a ideia era ser uma cor hí­brida e totalmente diferente, e que fosse chique e cool, e que pudesse ser usado em qualquer época do ano, por todas as peles e cores de cabelo.

COMPARAÇíO DO BATOM BORBOLETANDO E AS CORES QUE EU USEI COMO PONTO DE PARTIDA

COMPARAÇíO DO BATOM BORBOLETANDO E AS CORES QUE EU USEI COMO PONTO DE PARTIDA

O ponto de partida para a cor foi uma mistura do Rebel com o Rare Exotic, ambos da MAC. Embora o Rebel seja o magenta perfeito para boa parte das minhas amigas, na minha boca ele insistia em ficar super roxo e por isso, tinha o costume de dar uma equilibrada com o pink-sucesso Rare Exotic. Na hora de criar a cor, pedi para as meninas da Tracta colocarem um pouco de vinho na mistura e ualá: a cor dos meus sonhos estava ali, diante dos meus olhos <3.

A pigmentação é uma coisa de louco: com 1 camada, ele já fica na cor perfeita, sem muitos esforços. Além disso, a durabilidade é bem boa, mesmo sendo um batom cremoso. Outra coisa legal do batom é que ele muda de cor de acordo com a luz. Em ambientes mais fechados ou luzes mais escuras, ele vai puxar mais para o vinho. Já na luz do sol, ele fica entre o vermelho e o magenta. í‰ quase um mutante, Brasil!

ALGUMAS DAS VEZES QUE EU USEI O BATOM NAS íšLTIMAS SEMANAS (OU QUASE TDS O DIAS HIHIHI <3)

EUZINHA SEM FILTRO EM VíRIOS MOMENTOS DAS íšLTIMAS SEMANAS

Agora vem a parte mais legal: o batom já está í  venda, apenas na loja virtual da Tracta \o/. Para comprar o seu, clique aqui ou no maravilhoso gif biográfico que eu preparei especialmente para esta ocasião hihihihi

batomborboletando

E quem comprar, por favor, tira foto, posta no Instagram e me marca (@borboletando) porque quero saber o que acharam e depois transformar as lindas todas em um post aqui do blog. Ou vem aqui nos comentários contar o que achou. Tí´ muito curiosa e ansiosa para saber a opinião de vocês! <3